quinta-feira, dezembro 20

Balanço da Semana

Ora vamos lá fazer um balanço da semana com a esperança que no fundo no fundo, não tenha sido assim tão bizarra:

  • O novo troço do metro é finalmente inaugurado e isso provoca-me uma confusão mental. Ponto número um: meio mundo diz que aquilo é fatalmente inseguro; o outro meio mundo diz que aquilo é tão seguro que poderia ser uma enorme redoma para criaturas indefesas e precisosas e/ou para a rosa frágil do Principezinho. O que é que isso gera na minha cabeça? Uma enorme dualidade. Por um lado vou passar a poupar o taxi até ao Lux, por outro corro o risco de chegar à porta com um ar de naúfraga, morta por uma superbock ("porque não é só alcool") e um passozinho de dança para desanuviar do susto.
  • Outra coisa: troca de prendas...mas porquê?? Ai cum caragllio. No meu caso, o grupo é varíadissimo, uma selecção das melhores espécies humanas! A prenda a comprar terá de ser uma tentativa de agradar tanto a homens, mulheres, gays, bichas (e cá pra mim uma é sapatão), aos que estão na casa dos 30, 40, 50, 60!!, ou ainda aos vaidosos, aos maltrapilhas, aos que tomam banho e aos que não tomam banho, e depois ainda há os sérios e introvertidos e os mega-extrovertidos e as hiperactivas. E acho que ainda posso dizer que (a nível estético vá) há freaks, sóbrios-clássicos-intelectuais, pós-modernos-hibridos-a-roçar-o-fashion, todos-de-preto-tipo-Berardo, mulher-da-limpeza-da-Mouraria, descontraídos-desportivos-cool...Meu deus...haverá alguma coisa em comum?
  • Depois...o meu telemóvel anda a dar comigo em doida. Já não sei que faça, ando muito apagadita e tudo por causa disto. Parece que receber e efectuar chamadas tudo bem, mas enviar sms's no way rosey.......... Eu vou confessar aqui uma pequena coisa - esse facto é verdadeiro, mas também é verdade que eu já sei o "truque": é desligar/ligar o telemóvel e o problema só volta a acontecer dias depois. Mas no fundo até que não é uma razão assim tão injustificada para comprar outro...ou é? Lá está - outra dualidade. Consegui ficar confusa outra vez.
  • Estamos em pleno count-down até ao grande dia. Se hoje é Quinta-Feira e amanhã é Sexta, pelas minhas contas, faltam 5 dias para a comemoração dos 2008 anos do nosso amigo Jesus. Que se fosse hoje e em Portugal podia muito bem não apanhar nem uma coisa nem outra - nem Maternidade e nem Burro ou Vaquinha para ajudar no combate ao frio.(Esta piada...estou com certas dúvidas. Muito arriscada. Mas assumo a total foleirice e um travo de inspiração nos Malucos do Riso)
  • Estive numa jantarada animada e, quando chegámos àquela parte em que já mamámos algum vinho e saiem coisas mais retrincadas de sair com uma facilidade espantosa, uma grande amiga minha muito punk rocker, contou-me que a última vez que tinha chorado, foi de emoção ao ver isto http://br.youtube.com/watch?v=07u6V6mtaPA.

  • De resto...foi uma semana cheiinha de trabalho, aflição atrás de aflição. Cheguei inclusivamente a enviar faxes e a receber e-mails. Parece que está tudo a postos para 5 dias de descanso intenso. Os meus planos incluem ficar sentada à lareira, como um gato a receber todo aquele calor e à espera de entrar em transe ou hipnose com as cores e o movimento das chamas (o Paulo Coelho chega a ter uma passagem fantástica numa das suas obras sobre o poder hipnótico das chamas. O Paulo Coelho é nobre, não é brega. Eu gosto muito do Paulo Coelho. Viva o Paulo Coelho. Paulo Coelho, Paulo Coelho, Paulo Coelho ... experimentem dizer o nome dele num loop lento. Como qualquer palavra, perde o sentido. Como eu ia a dizer......lareira, sofá, cobertor, tv e o rol de coisinhas divinas que nesta época nos entra casa a dentro plo ecrã. E familia e couves e bolo-rei.

Um bem-haja e se até lá não tiver oportunidade - Um Santo Natal!

terça-feira, dezembro 4

benditos transportes públicos

Pronto. Vou-me deixar de queixumes e seguir os vossos preciosos conselhos. Já estou a programar uma valente sexta feira à noite. E já sinto de novo uma adrenalina adolescente que me permite sentir feliz só de pensar na roupinha da festança. Vou beber até sentir uma dormência e parvoíce geral e dançar como se não houvesse amanhã.
Mas antes, aqui fica uma citação que consegui apanhar hoje de manhã no metro:

senhora 1: Pois...veja lá, apanhou uma adistenção miscular no ginásio. A minha neta...e já não é a primeira vez coitadinha.
senhora 2: Pois! Elas não têm cuidados. É que isto é assim - lá dentro está calor e suam bastante com os movimentos e depois agora com este frio...! Lá está. Apanha-se de tudo com este tempo.
senhora 1: É verdade. Estas diferenças de temperatura são o inferno dagente.

segunda-feira, dezembro 3

ingredientes para uma boa dor de cabeça...

...e mau-estar geral:

- uma longa noite de insónias
- má circulação e consequente frio intenso nas extremidades do corpo
- falta de um bom banho quente e calmo
- refeições rápidas muito calóricas e pouco nutritivas
- 8 horas em frente ao ecrã do pc
- trabalho miudinho, revisão de textos, graxa a patrocinadores
- preocupações várias q.b.
- a voz e o riso de escárnio do chef
- mau cheiro nos transportes públicos (odores corporais+perfume do chinês)
- canalização dos fundos de maneio para o caseiro Plano Poupança 2008
- profundo decréscimo na média de saídas para a cowboiada
- falta de contacto com amigos
- descrença total em pai natal, deus, gnomos, fada dos dentes e afins

Uma palavra de apoio, um gesto de carinho, uma saudação amiga pleeeeeeese!

terça-feira, novembro 27

A/C Exmo. Sr. Pai Natal


Exmo. Sr. Pai Natal,

Escreve-lhe Lady oh my God! dum lugar que fica mais ou menos entre os E.U.A. e Espanha – e a que se dá o nome de “Portugal”. Trabalho num local onde deixo todas as minhas forças e onde aplico as minhas melhores faculdades físicas e mentais por amor à Cultura. A Cultura é qualquer coisa estranha de se explicar, mas tanto tem a ver com estética e com o prazer que isso pode proporcionar ao ser humano como também pode ser explicada através de uma dissertação sobre o facto de o Sr. Pai Natal vestir vermelho e a correlação disso com um refrigerante. No entanto o volume da minha conta bancária não é proporcional ao meu volume de trabalho e afinco. Neste sentido, venho por este meio averiguar as possibilidades de me poder doar alguns artefactos ou, na impossibilidade desta cedência, proporcionar-me um bom desconto (entre 98 a 99%) na aquisição dos mesmos.

Segue abaixo a lista dos bens de que falo.*

Fico a aguardar a V. resposta com elevada expectativa.
Saudações Natalícias,

Lady oh my God!
Itens:

- umas pantufas bem quentinhas, confortáveis, originais, fashion e fofinhas nº37
- um relógio Calvin Klein daqueles que dão 2 voltas ao pulso
- um baton bege e um rosa escuro de longa-duração/hidratante (do bom)
- um recheio completo para um T1 (mobília quarto, sala, cozinha, electrodomésticos, roupa de cama/wc, conjunto de cozinha, faqueiro, etc.)
- um casaco vermelho escuro que me assente bem (que me faça parecer a Kate Moss)
- 1 excelente leitor de DVD
- 1 disco externo de 1000 GB
- 1 PC que seja super-bomba todo artilhado com tudo o que é bom e do melhor e com um grande ecrã. Como se eu fosse designer (mas sem ser Mac!)
- Livros/CD’s/DVD’s vários
- muito amor e carinho - à semelhança dos anos anteriores esta ternura toda segue em fluxos (nem sempre regulares mas não faz mal) que jorram do grupo “Família”, do grupo “Amigos”, recentemente também do grupo “Colegas de Trabalho/Patrão” mas agora quero um namorado para ajudar à festa.

* falo = conjugação do verbo Falar, no Presente da 1ª pessoa do singular.

sexta-feira, novembro 23

A Star is Born*

Olá...ainda se lembram de mim? Peço imensa desculpa mas estive até à bem pouco tempo a viver. Agora que parei para fazer um loading mental, encontrei o momento ideal para actualizar o blog e deixar aqui uns apontamentos que, como sempre não têm a mais pequena importância.
Ponto 1 - tive uma conversa revigorante, como bloguista, com o meu querido compincha Mr. M que segue abaixo:

M. diz:
conseguiste ir parar aos links da Pipoca
sua super star da blogoesfera
n tarda tens 500 mil fãs
Lady diz:
eu?! o meu blog vai morrer
M. diz:
já tens alguns
n pode morrer
tens fãs
tens + fãs que eu

Lady diz:
pffffff n tenho nada

M. diz:
Annie
vai gozar com outro

Lady diz:
mas tou nos links da pipoca?? n tou nada!

M. diz:
vai ver
Lady diz:
ah cum caralho!!!!!!!!!!!!!!!!
n tinha visto!
Portanto, parabéns para mim que sou vesga.
Ponto 2 - Tem estado muito frio. Não consigo deixar de parecer um boneco de neve com tanta roupa em cima. Assim que chego a casa descontrolo-me e deixo o meu glamour de parte. Ele é camadas e camadas de roupa até tornar os movimentos e os gestos um peau de robóticos. E depois é o saco de água quente que dá o toque final. E um pingo no nariz. E uma rena ao lado do sofá. (a Rena é mentira, gostava de ter uma mas para já parece-me insustentável).
Esperem lá. São 2h04! Tenho de ir dormir urgentemente. Prometo pela alma da Santa Catarina de Cássia que este fim de semana volto com um post onde revelo toda a minha lista de presentes de Natal. Não é os que vou oferecer (essa lista nem existe), são os que conto receber. Que neura, o Natal não me sai da cabeça este ano.
* créditos do título do presente post: Mr. M

quarta-feira, novembro 14

(up)Date


E não é que tive mesmo uma segunda oportunidade? Não é que hoje, ao fim da tarde, saí do comboio com um ânimo sem-esperanças-num-mundo-melhor e com frio, e vejo O TAL! Mais uma vez, sintomas de teenager irremediavelmente utopica, coração tum-tum, tum-tum. Ele, o tipo mais alto que ia na multidão (dado #3), mochila às costas, bermudas bege talvez (dado #4) e aquele ar! Aquele ar que me põe a piar fininho a um canto. Não mereço um par de estalos? Um pontapé no cu? Uma tacada de basebol? Tortura do sono? Um tiro no Pâncreas? Ahhhh matem-me por favor.

Vou dar descanso ao cérebro e volto a arquivar o assunto. Não sou capaz, não estou à altura do desafio (snif, snif).
Ah! E por falar em desafio, a Leila* mandou-me fazer isto:

1. Alguém que te fez rir ontem à noite? ninguém
2. O que estavas a fazer às 08 da manhã? a dormir
3. O que estavas a fazer à 30 minutos atrás? A falar ao telefone com a minha mãe
4. O que te aconteceu em 2006? O ano passado portanto? Então acabei o curso, mudei de cidade, constipei-me 2 ou 3 vezes, deixei de roer as unhas, passei uns meses em casa dos papás, chorei baba e ranho, deixei crescer o cabelo.
5. O que foi a última coisa que disseste? "Dorme bem"
6. Quantas bebidas bebeste hoje? Água, chá, Leite, café.
7. Qual é a cor do teu pente? Preto.
8. Qual foi a última coisa que pagaste? Um café.
9. Onde estavas ontem à noite? Em casa, no quarto, na caminha.
10. Qual é a cor da porta de entrada da tua casa? Castanha-escura.
11. Onde guardas os teus trocos? Na carteira.
12. Como está o tempo hoje? Muuuuito frio. Mas eu sou um caso especial, tenho sempre muito frio, não é normal!
13. Melhor sabor de gelado? Não gosto muito de gelados...mas a ser: baunilha please! Ah!! Lembrei-me que gosto um de nozes de macadâmia...hummm afinal gosto de gelados.
14. O que te anima na vida? Pensar nas sessões de riso incontrolável que ainda tenho pela frente na companhia dos meus mais espectaculares amigos!
15. Queres cortar o teu cabelo? Não! Finalmente tá giro assim!
16. Tens mais de 25 anos? tsts tsts...ohh! ainda faaalta...1 ano.
17. Falas muito? Que pergunta humilhante. Geralmente falo horrores, depressa, muito, repito as coisas, depressa, em ritmo acelerado, muito, falo demais até, muito, depressa, muito mesmo. Geralmente.
18. Vês o O.C.? Eu não sei o que isso é. Só vejo telejornais e a Oprah, o Extreme Makeover (às casas e às pessoas) e na falta deste o The Swan. De resto, sou selectiva nas minhas escolhas.
19. Conheces alguém chamado Steven? Não. Só o Spielberg (que piada de merda, desculpem)
20. Inventas as tuas próprias palavras? a...eu sou mais de interjeições. E estrangeirismos.
21. És uma pessoa invejosa? Não. Pontualmente acontece, não é? Tipo "felano tal herdou um prédio de 5 andares novos em folha de uma tia que morreu de repente e vai deixar de trabalhar. Diz que quer viver dos rendimentos e gozar a vida, que até ver, só temos esta". Claro que dá vontade de qualquer coisa. É um sentimento mau que se gere aqui dentro, é inveja pois.
22. Diz o nome de um(a) amigo/a cujo nome comece por 'A' - António
23. Diz o nome de um(a) amigo/a cujo nome comece por 'K' - não conheço...mas esta pergunta fez-me lembrar MoKambo
24. A primeira pessoa que está na tua lista de chamadas recebidas de hoje? Mãezinha
25. O que é que o teu último sms diz? "9 e meia na net xau"
26. Mastigas a palhinha das bebidas?
muito muito raramente.
27. Tens cabelo encaracolado? Não.
28. Para onde vais a seguir? Para a cama ver o extreme make over :)
29. Quem é a pessoa mais mal-educada na tua vida? ela de algum modo faz parte da minha vida...é a senhora que está no atentimento na padaria dum certo Pingo Doce que eu cá sei e se qualquer dia me salta a tampa denuncio aqui publicamente para os meus 735209439010 leitores.
30. O que foi a última coisa que comeste? iogurte
31. Vais-te casar no futuro? Eu gostar gostava. Mas isso é só quando eu for grande.
32. Qual foi o melhor filme que viste nestas últimas duas semanas? Nestas ultimas 2 semanas não vi nenhum filme acho eu (shame on you)
33. Existe alguém de quem gostes neste momento? Apaixonada, é isso? Não. só há aquele crush que vocês sabem.
34. Quando é que foi a última vez que lavaste a loiça? Hoje, depois do jantar.
35. Estás deprimido neste momento? Um bocado para dizer a verdade. (também...depois destas duas últimas perguntas...)
36. Choraste hoje? Não.
37. Porque respondeste a este questionário? Primeiro porque não ia recusar à Leila, ela podia levar a mal :) E depois para ver se me animava depois da 1ª parte do post mas não fui capaz (consultar Pergunta 35)
38. Etiqueta 5 pessoas para responder a este questionário: Ohhhh não estou com paciência para ver quem é que já respondeu ou nao. Mas se eu por acaso descubro que alguem que esteja na minha lista negra (sim! essa que diz ente queridos aí do lado direito), passou por aqui, leu e ainda não tinha respondido e continua sem o fazer, ai ai!

Vou mas é lavar os dentes-xixi-cama.

terça-feira, novembro 13

Comunicado de Última Hora


Deus todo misericordioso, teve piedade de mim. Colocou a sua grande mão sobre a linha de Sintra e permitiu o improvável (risos) - um grande atraso nos meios da CP. Graças a este bem-aventurado e abençoado acontecimento, eu, Lady Oh my God! voltei a sentir as delicias de ser fêmea. Voltei a ver um macho, cuja identidade eu desconheço em absoluto, que eu não visulumbrava há muitos meses. Já tinha arquivado o seu processo nos arquivos do meu frágil coraçãozinho de teletubbie (dulcíssimo) e até pensei - olha, se calhar morreu num acidente de vespa (que nas minhas fantasias ele conduz) ou então foi viver para um país desenvolvido.

As minhas pernas tremeram, fiquei ligeiramente ruborizada nas maçãs do rosto, o meu olhar ficou terno e incapaz de se concentrar no mundo. Até me apeteceu chorar de comoção (não estou a brincar, it's so true). Não me sai da cabeça os tomates que este gajo teve e apetece-me seriamente lançar o mesmo apelo. Enquanto penso nessa hipótese vou massacrar-me o dia todo a pensar no que devia ter feito: correr feito uma psicopáta aluada assim que ele saiu em Sete Rios (dado #1), colar-lhe um post-it com o meu número na mochila preta (dado#2) e entrar de novo no comboio à espera dum meloso convite para café.

Como não fiz isto, vou enganar-me e entrar na via do velho truque dos cobardes: "Deus, se realmente existes, dá-me uma segunda oportunidade se faz favor."

segunda-feira, novembro 12

No Stress...

Estou a morrer de saudades do futuro. Quero os dias de Natal em casa:
- mimos da mãmã (sim sou aficcionada do cafuné maternal e pratos quentes com ternura);
- acordar cedo e instalar-me no sofá para aquela delicia que só o sofá e belo do zapping oferecem;
- andar de pijama e arrastar o cobertor comigo para qualquer lugar, mover-me como uma
preguiça pedrada (com o mesmo pestanejar e tudo);
- falar com os diversos membros familiares (pai, mãe, irmão, avós, primos e primas, tios e tias e sim as vizinhas também se incluem neste circuito) e inteirar-me de assuntos sem a minima importância mas que sigo atentamente: algumas como se fossem foto-novelas bem kitsch, outras tragédias constrangedoras e outras ainda (das minhas primas de 6 e 11 anos) como um grande e louco festim!
- não pensar em grande coisa...andar simplesmente à procura do próximo prazer: enervar o meu irmão, puxar-lhe a cadeira onde ele se está prestes a sentar, assustá-lo com conversas mentirosas que muitas vezes têm uma longa duração...enfim, torturar o puto fisica ou psicologicamente. Ou melhor ainda: enervar os gatos, obrigá-los a ficar no meu colo de barriga para cima e falar-lhes muito muito sériamente num têtê-a-tête tenebroso. Repetir neste processo, como uma ladainha, a palavra "cão". Hummmm....
Enfim...só de pensar nestas possibilidades já fiquei melhor. Estou, de facto, mais calma.

quarta-feira, novembro 7

Extra! Extra!


Em poucos dias a minha vida deu uma volta que eu ainda não digeri:

- fui promovida, agora sou (profissionalmente) um tudo-nada mais importante.

- não tenho pais ricos mas tenho uns ricos pais (ohhh que lindo!) que vão sei fiadores dum tecto com poucos metros quadrados mas que vai ser maravilhoso. Tudo depende da minha capacidade de imaginar um lugar clean muito ikea mesmo estando numas águas-furtadas manhosas.

- comprei 3 pares de cuecas lindissimas e ultra-confortáveis por 8 euros.
- já saiu o Borda d'Água 2008 (Ainda não comprei. Mas 3 ou 4 exemplares devem ser suficientes para forrar uma parede da casa nova com as previsões, luas e melhores datas de colheita. Não encontro papel de padrede tão fashion e retro!)

Agora sim, começo a ficar contente. Já não sinto tanta vontade de me converter ao islamismo e estourar o mundo, a ideia de fazer um outro piercing está a esmorecer-se e hoje quando vi a noticia "coca negra entra em Portugal" já não fiquei histérica. Devo estar a ficar adulta. Mas não faz mal. O que é certo é que nesta passagem de ano, a máxima "ano novo, vida nova" nunca vai fazer tanto sentido.

segunda-feira, novembro 5

desafio

O Nim é bom rapaz e resolveu conceder-me a oportunidade de ser ainda mais parva do que geralmente sou. O desafio é o seguinte - escrever "5 afirmações gritantemente surreais". Já estou a esfregar as mãos de contente. Se tivesse uma tatoo, seria numa borda (que porca!) com o seguinte dizer: "I Love Non-sense!". Não, isto ainda não faz parte do desafio.
Agora sim, aqui vai disto:

1. De há uns tempos para cá tenho tido muito e bom sexo, em média 2 vezes ao dia, de modo que é impossível para mim ter um blog.

2. Chique, chique é trazer a tanga arregaçada quase pelo meio das costas, e os limítrofes das calças 1 dedo acima do inicio do rêgo do cu.

3. Se um desconhecido giro e bem cheiroso me propusesse uma noite como escrava sexual em troca de um T2 na Avenida da Liberdade eu jamais aceitaria.

4. Adoro comer banha de porco à colherada.

5. O meu maior sonho é ir a Vaticano quando o papa estiver senil e dizer-lhe ao ouvido "Meu Santo Padre, sou eu, a Maddie! Sim, estou crescida."

Pronto, agora fiquei com medo. Ainda nos vão processar a todos por sermos tão maus.
Agora as 5 criaturas que têm de dar continuidade à tolice são:


Oh não vale. As outras pessoas que conheço já foram todas apanhadas. (agora estou a fazer a mesma cara de ranhosa que está documentada num home video de 1990 quando o meu primo me levantou a saia para cima)

terça-feira, outubro 23

We wish you a Merry Christmas

Ontem fiquei chocada, palavra de honra. Não sei se é por causa do bom tempo que se fez sentir até então (agora já começa a ficar frescote)…mas assim que entro no Pingo Doce recebo um bafo a Natal que vou vos dizer. Não estava à espera. Faltou-me a prévia preparação, sei lá. É que ainda nem comi castanhas nem merendas doces. Ainda não saborei o Verão de Todos-os-Santos, ainda não fui ajudar a Mamis a lavar a campa do meu avô, ainda não comprei galochas para a chuva e ainda não pus lençóis de flanela na cama. E já estou a levar com decorações de natal, veados que amandam música pelo cu à força de pilhas, árvores de natal e ferrero rochés. A flauta-de-pã do Pingo Doce* deixou de entoar Beatles e já passou a entoar o Merry Christmas. Parece-me que isto é só um cheirinho do que aí vem. Os meus 24 anos de vida já me ensinaram que isto é só o princípio de algo maior. Vem aí mais, muito mais: superfícies comerciais num corrupio nervoso que até dói, uma melancolia chata por não ter dinheiro para prendas (nem para mim nem para ninguém), bacalhau esgotado e/ou inflacionado, montras decoradas a luzes e neve artificial (na pior das hipóteses, algodão), pais natais assustadores a sodomizar renas e aquelas criaturas pequenas – acho que se chamam crianças – a berrar por todo o lado.

Apesar dos pesares, eu gosto muito do Natal. Mas durante uma semana.

* não esquecer: falar num próximo post sobre a flauta-de-pã do Pingo Doce e de como eu imagino que existe uma cabine, algures nas catacumbas desse supermercado, um índio Peruano, a tocar horas e horas a fio com uma lágrima a rolar-lhe pela face embrutecida pelo sol. E alimentado por uma sonda. E sentado numa sanita. Com um macaquinho a limpar-lhe a lagrimita e o cu com toalhitas húmidas Kandoo. (uau isto dava um slogan)

quarta-feira, outubro 17

Quem sou, de onde venho e para onde vou?

Sinto muita pena e até alguma angústia de:
- Levar muito tempo na secção dos iogurtes a escolher qual o pack que quero levar para casa. Há muitos factores a comparar: preço, sabores, calorias, índice glicémico, existência ou não e de que tipo de brinde, se me apetece com pedaços, ou cremosos, ou liquidos, ou saciantes, ou de soja, ou biológicos, ou de aloé-vera, ou ainda as versões sobremesa e, dentro das versões sobremesa é chocolate, com natas ou apenas um travozinho a bolacha maria? Ah! E que bichos é que eu quero no meu aparelho digestivo? Bifidus activo ou L Casei Imunitas? E mais - eu gostaria de regularizar o trânsito intestinal, quero pelo amor de deus a santa bolha Actimel para me proteger dos males do mundo e claro está, eliminar o nosso amigo colestrol. Segundo os senhores que fabricam os iogurtes eu devia estar a tomar 1 actimel de manhã junto com o benecol e se quero tratar da tripa tenho de mandar um Activia também.
Tanta informação no meu cérebro gera um curto-circuito. Já dei por mim a abandonar o recinto de compra, completamente frustrada porque após 10m a rapar frio na área frigorifica, não consegui fazer uma escolha.
Isto também me acontece com os homens. E é daqui que nasce a grossa fatia responsável pelo meu celibato.

quinta-feira, outubro 11

Euromillions

Amanhã vou jogar no euromillions. Depois dou notícias sobre o resultado. Estou expectante, em principio vai tudo correr bem. Vou mandar um gritinho para o ar, fazer 2 ou 3 telefonemas a gente importante a anunciar o feito, dirigir-me a uma imobiliária e pedir e/ou comprar uns quantos catálogos(que importa quanto custa? o dinheiro para mim não será problema). Logo de seguida vou à Portela ver quando é que parte o próximo avião para a Tailândia. Ou Japão, depois também depende do clima e de como me sentir amanhã - se mais étnico-folclórica ou se mais tecnológico-urbana. Sem malas. Sou pessoa para levar de arrasto uns amigos jeitosos e alegres que animarão o percurso.
Ainda não sei quais vão ser os 5 números escolhidos + 2 estrelas? Alguém se arrisca a lançar um númerozinho ou outro em tempo útil (quiçá a chave parcial ou inteira ou só estrelinhas ou como quiserem). Prometo que, se a coisa correr bem como prevejo, há valentes recompensas. Alexandra Solnado, Professor Karamba e Marcelo Rebelo de Sousa: desculpem-me mas as hipóteses que eventualmente aqui deixarem não são consideradas válidas.

quinta-feira, setembro 20

Oração a Deus Nosso Senhor


Preciso de 350 mil euros.

Passo a explicar: vi um apartement tão cool na Expo, com vistas panorâmicas a dar para vários sitios. Sabem o que é ter a certeza que a nossa felicidade reside numa concretização? Ele há pessoas que sabem que são felizes se encontrarem "o tal"; se x pessoa esticar o pernil, se fizerem uma cirurgia estética ou se tirarem os calos nos pés. Eu sei que a minha felicidade é aquele espacinho confortável na Expo. Oh my dog, I am so sure. O que é que eu faço?

1º - dedico-me à prostituição de luxo? (ou tento o Cristiano Ronaldo, vai dar ao mesmo)

2º - começo a vender coisas que não me fazem assim tanta falta: um rim + o meu pc + a minha prima bébé para adopção (pode ser que o Mc Cann queiram?) + vestido de casamento vintage da minha bisavó = 350 mil euros?

3º - arriscar negócios idiotas no ebay - "vendo pensos higiénicos usados" ou "vendem-se couves portuguesas tenrrinhas"


... ai pá, preciso de ideias.

A última ideia que tive, e que já estava em pulgas para tentar patentear foi tinta plástica anti-graffiti mas já existe. Também pensei eu propor à Renova fazerem papel de cozinha com receitas impresas ou rolos de papel higiénico com curiosidades / adivinhas / andedotas / cara do Bush.

Que merda.

E se eu abrir uma conta, puser aqui um nibezinho inofensivo e começarem a chover euros? É que a minha causa é certamente mais importante que o caso Mc Cann não é? Pelo menos eu estou viva, vou bem da saudinha, sou solteira e boa rapariga.

Oração #1: Por favor Deus, se realmente existes, prova-me e faz com que alguém deixe um comment jeitoso e auxiliador. Apazigua a minha angústia e dá-me um tecto e aquecimento central / ar condicionado. Amén.

terça-feira, setembro 18

Dreeeeeeam, dream, dream dreeeeam...


A próxima pessoa que me disser "o dinheiro não traz felicidade" arrisca-se a coima valente ou sanção fisica. Se eu tivesse muuuito dinheiro:

a) não estaria a bloggar no meu local de trabalho. Eu nem estaria no meu local de trabalho

b) não estaria com bolhas nos pés porque os sapatos da festa deste fim-de-semana seriam da Fly e não das Sapatarias Guimarães

c) eu não estaria a pensar qual vai ser o menu a inserir na marmita de amanhã

d) os meus nervos seriam acalmados à força de spas, banhos turcos, massagens a 4 mãos

e) eu teria milhas de oferta para oferecer a amigos das tantas viagens que faria

f) o meu cabelo não seria tão fracote porque não choraria os 60 euros do tratamento nutricap

g) esta noite ia matar saudades de lagosta

h) comprava cosmeticos muito caros e cagava na l'oreal, garnier e nivea

i) arranjava um homem à minha altura, e à altura do meu budget de vida. (fantasia: encontrá-lo numa loja gouromet. ele ia dissipar as minhas dúvidas relativamente ao vinho a escolher para acompanhar a lagosta)

Ok, não vou continuar. Isto está a deixar-me deprimida.

sexta-feira, setembro 14

Spider-Tea


Well, vamos a factos:


Hoje é sexta-feira. O que é espectacular, pois significa que amanhã é sábado. É bom contar com a sequência dos dias da semana, pelo menos sabemos que é uma coisa que nunca falha, é uma cadeia que nos oferece conforto e estabilidade. Embora entre o Domingo e a Segunda-feira devesse existir um buraco negro temporal, um loop horário, qualquer coisa menos o tic-tac que me faz sentir o Capitão malvado com o aproximar do crocodilo.

Mas coisas boas: hei-de ver qualquer coisa no Festival Queer este fim-de-semana. Não sou lésbica, com muita pena minha (e das gajas rançosas que me assedeiam no Trumps) mas, vou em homenagem aos gays da minha vida que são tão espectaculares com os Sábados. Vou forçar-me uma vez mais a olhar para as pernas de alguma mas sei que, inevitávelmente, vou estar à espreita dos rapazinhos giros e chorar um pedacinho por serem tão mal empregados. Snif.

Resta-me o consolo das Trident Splash e a festança à noite - hetro com certeza, a essa hora já estou faltada do meu habitat natural.

Este segundo post está uma merda, continuo a dar provas da inutilidade e flacidez mental que previ assim que fazia a minha inscrição no blogger. Não sei o que quero dizer com flacidez mental.

quinta-feira, setembro 13

nasceu mais um!


Negócio éh o seguitnche: eu não tenho muito que fazer hoje (só hoje, no geral e fazendo um apanhado breve eu costumo ser útil). Então resolvi criar um blog. Além de que é bués da fashion e se há coisinha que eu sou é isso. Eu não sei se vou ter tempo para assuntos de interesse, na verdade eu estou a prever que isto se torne um poço de manias, futilidades e estupidez. Que seja. Então pronto, aqui fica esparrachado o primeiríssimo post. Deus te abençoe blogue, em nome del pappi, do filhote e do espírito santo, Amén.

Por falar nisso aqui fica um recado para o nosso senhor ou pai natal (devem trabalhar para a mesma companhia, ou partilhar o mesmo sindicato acho eu) - posso ter estes sapatos se fáchavor?