terça-feira, novembro 27

A/C Exmo. Sr. Pai Natal


Exmo. Sr. Pai Natal,

Escreve-lhe Lady oh my God! dum lugar que fica mais ou menos entre os E.U.A. e Espanha – e a que se dá o nome de “Portugal”. Trabalho num local onde deixo todas as minhas forças e onde aplico as minhas melhores faculdades físicas e mentais por amor à Cultura. A Cultura é qualquer coisa estranha de se explicar, mas tanto tem a ver com estética e com o prazer que isso pode proporcionar ao ser humano como também pode ser explicada através de uma dissertação sobre o facto de o Sr. Pai Natal vestir vermelho e a correlação disso com um refrigerante. No entanto o volume da minha conta bancária não é proporcional ao meu volume de trabalho e afinco. Neste sentido, venho por este meio averiguar as possibilidades de me poder doar alguns artefactos ou, na impossibilidade desta cedência, proporcionar-me um bom desconto (entre 98 a 99%) na aquisição dos mesmos.

Segue abaixo a lista dos bens de que falo.*

Fico a aguardar a V. resposta com elevada expectativa.
Saudações Natalícias,

Lady oh my God!
Itens:

- umas pantufas bem quentinhas, confortáveis, originais, fashion e fofinhas nº37
- um relógio Calvin Klein daqueles que dão 2 voltas ao pulso
- um baton bege e um rosa escuro de longa-duração/hidratante (do bom)
- um recheio completo para um T1 (mobília quarto, sala, cozinha, electrodomésticos, roupa de cama/wc, conjunto de cozinha, faqueiro, etc.)
- um casaco vermelho escuro que me assente bem (que me faça parecer a Kate Moss)
- 1 excelente leitor de DVD
- 1 disco externo de 1000 GB
- 1 PC que seja super-bomba todo artilhado com tudo o que é bom e do melhor e com um grande ecrã. Como se eu fosse designer (mas sem ser Mac!)
- Livros/CD’s/DVD’s vários
- muito amor e carinho - à semelhança dos anos anteriores esta ternura toda segue em fluxos (nem sempre regulares mas não faz mal) que jorram do grupo “Família”, do grupo “Amigos”, recentemente também do grupo “Colegas de Trabalho/Patrão” mas agora quero um namorado para ajudar à festa.

* falo = conjugação do verbo Falar, no Presente da 1ª pessoa do singular.

sexta-feira, novembro 23

A Star is Born*

Olá...ainda se lembram de mim? Peço imensa desculpa mas estive até à bem pouco tempo a viver. Agora que parei para fazer um loading mental, encontrei o momento ideal para actualizar o blog e deixar aqui uns apontamentos que, como sempre não têm a mais pequena importância.
Ponto 1 - tive uma conversa revigorante, como bloguista, com o meu querido compincha Mr. M que segue abaixo:

M. diz:
conseguiste ir parar aos links da Pipoca
sua super star da blogoesfera
n tarda tens 500 mil fãs
Lady diz:
eu?! o meu blog vai morrer
M. diz:
já tens alguns
n pode morrer
tens fãs
tens + fãs que eu

Lady diz:
pffffff n tenho nada

M. diz:
Annie
vai gozar com outro

Lady diz:
mas tou nos links da pipoca?? n tou nada!

M. diz:
vai ver
Lady diz:
ah cum caralho!!!!!!!!!!!!!!!!
n tinha visto!
Portanto, parabéns para mim que sou vesga.
Ponto 2 - Tem estado muito frio. Não consigo deixar de parecer um boneco de neve com tanta roupa em cima. Assim que chego a casa descontrolo-me e deixo o meu glamour de parte. Ele é camadas e camadas de roupa até tornar os movimentos e os gestos um peau de robóticos. E depois é o saco de água quente que dá o toque final. E um pingo no nariz. E uma rena ao lado do sofá. (a Rena é mentira, gostava de ter uma mas para já parece-me insustentável).
Esperem lá. São 2h04! Tenho de ir dormir urgentemente. Prometo pela alma da Santa Catarina de Cássia que este fim de semana volto com um post onde revelo toda a minha lista de presentes de Natal. Não é os que vou oferecer (essa lista nem existe), são os que conto receber. Que neura, o Natal não me sai da cabeça este ano.
* créditos do título do presente post: Mr. M

quarta-feira, novembro 14

(up)Date


E não é que tive mesmo uma segunda oportunidade? Não é que hoje, ao fim da tarde, saí do comboio com um ânimo sem-esperanças-num-mundo-melhor e com frio, e vejo O TAL! Mais uma vez, sintomas de teenager irremediavelmente utopica, coração tum-tum, tum-tum. Ele, o tipo mais alto que ia na multidão (dado #3), mochila às costas, bermudas bege talvez (dado #4) e aquele ar! Aquele ar que me põe a piar fininho a um canto. Não mereço um par de estalos? Um pontapé no cu? Uma tacada de basebol? Tortura do sono? Um tiro no Pâncreas? Ahhhh matem-me por favor.

Vou dar descanso ao cérebro e volto a arquivar o assunto. Não sou capaz, não estou à altura do desafio (snif, snif).
Ah! E por falar em desafio, a Leila* mandou-me fazer isto:

1. Alguém que te fez rir ontem à noite? ninguém
2. O que estavas a fazer às 08 da manhã? a dormir
3. O que estavas a fazer à 30 minutos atrás? A falar ao telefone com a minha mãe
4. O que te aconteceu em 2006? O ano passado portanto? Então acabei o curso, mudei de cidade, constipei-me 2 ou 3 vezes, deixei de roer as unhas, passei uns meses em casa dos papás, chorei baba e ranho, deixei crescer o cabelo.
5. O que foi a última coisa que disseste? "Dorme bem"
6. Quantas bebidas bebeste hoje? Água, chá, Leite, café.
7. Qual é a cor do teu pente? Preto.
8. Qual foi a última coisa que pagaste? Um café.
9. Onde estavas ontem à noite? Em casa, no quarto, na caminha.
10. Qual é a cor da porta de entrada da tua casa? Castanha-escura.
11. Onde guardas os teus trocos? Na carteira.
12. Como está o tempo hoje? Muuuuito frio. Mas eu sou um caso especial, tenho sempre muito frio, não é normal!
13. Melhor sabor de gelado? Não gosto muito de gelados...mas a ser: baunilha please! Ah!! Lembrei-me que gosto um de nozes de macadâmia...hummm afinal gosto de gelados.
14. O que te anima na vida? Pensar nas sessões de riso incontrolável que ainda tenho pela frente na companhia dos meus mais espectaculares amigos!
15. Queres cortar o teu cabelo? Não! Finalmente tá giro assim!
16. Tens mais de 25 anos? tsts tsts...ohh! ainda faaalta...1 ano.
17. Falas muito? Que pergunta humilhante. Geralmente falo horrores, depressa, muito, repito as coisas, depressa, em ritmo acelerado, muito, falo demais até, muito, depressa, muito mesmo. Geralmente.
18. Vês o O.C.? Eu não sei o que isso é. Só vejo telejornais e a Oprah, o Extreme Makeover (às casas e às pessoas) e na falta deste o The Swan. De resto, sou selectiva nas minhas escolhas.
19. Conheces alguém chamado Steven? Não. Só o Spielberg (que piada de merda, desculpem)
20. Inventas as tuas próprias palavras? a...eu sou mais de interjeições. E estrangeirismos.
21. És uma pessoa invejosa? Não. Pontualmente acontece, não é? Tipo "felano tal herdou um prédio de 5 andares novos em folha de uma tia que morreu de repente e vai deixar de trabalhar. Diz que quer viver dos rendimentos e gozar a vida, que até ver, só temos esta". Claro que dá vontade de qualquer coisa. É um sentimento mau que se gere aqui dentro, é inveja pois.
22. Diz o nome de um(a) amigo/a cujo nome comece por 'A' - António
23. Diz o nome de um(a) amigo/a cujo nome comece por 'K' - não conheço...mas esta pergunta fez-me lembrar MoKambo
24. A primeira pessoa que está na tua lista de chamadas recebidas de hoje? Mãezinha
25. O que é que o teu último sms diz? "9 e meia na net xau"
26. Mastigas a palhinha das bebidas?
muito muito raramente.
27. Tens cabelo encaracolado? Não.
28. Para onde vais a seguir? Para a cama ver o extreme make over :)
29. Quem é a pessoa mais mal-educada na tua vida? ela de algum modo faz parte da minha vida...é a senhora que está no atentimento na padaria dum certo Pingo Doce que eu cá sei e se qualquer dia me salta a tampa denuncio aqui publicamente para os meus 735209439010 leitores.
30. O que foi a última coisa que comeste? iogurte
31. Vais-te casar no futuro? Eu gostar gostava. Mas isso é só quando eu for grande.
32. Qual foi o melhor filme que viste nestas últimas duas semanas? Nestas ultimas 2 semanas não vi nenhum filme acho eu (shame on you)
33. Existe alguém de quem gostes neste momento? Apaixonada, é isso? Não. só há aquele crush que vocês sabem.
34. Quando é que foi a última vez que lavaste a loiça? Hoje, depois do jantar.
35. Estás deprimido neste momento? Um bocado para dizer a verdade. (também...depois destas duas últimas perguntas...)
36. Choraste hoje? Não.
37. Porque respondeste a este questionário? Primeiro porque não ia recusar à Leila, ela podia levar a mal :) E depois para ver se me animava depois da 1ª parte do post mas não fui capaz (consultar Pergunta 35)
38. Etiqueta 5 pessoas para responder a este questionário: Ohhhh não estou com paciência para ver quem é que já respondeu ou nao. Mas se eu por acaso descubro que alguem que esteja na minha lista negra (sim! essa que diz ente queridos aí do lado direito), passou por aqui, leu e ainda não tinha respondido e continua sem o fazer, ai ai!

Vou mas é lavar os dentes-xixi-cama.

terça-feira, novembro 13

Comunicado de Última Hora


Deus todo misericordioso, teve piedade de mim. Colocou a sua grande mão sobre a linha de Sintra e permitiu o improvável (risos) - um grande atraso nos meios da CP. Graças a este bem-aventurado e abençoado acontecimento, eu, Lady Oh my God! voltei a sentir as delicias de ser fêmea. Voltei a ver um macho, cuja identidade eu desconheço em absoluto, que eu não visulumbrava há muitos meses. Já tinha arquivado o seu processo nos arquivos do meu frágil coraçãozinho de teletubbie (dulcíssimo) e até pensei - olha, se calhar morreu num acidente de vespa (que nas minhas fantasias ele conduz) ou então foi viver para um país desenvolvido.

As minhas pernas tremeram, fiquei ligeiramente ruborizada nas maçãs do rosto, o meu olhar ficou terno e incapaz de se concentrar no mundo. Até me apeteceu chorar de comoção (não estou a brincar, it's so true). Não me sai da cabeça os tomates que este gajo teve e apetece-me seriamente lançar o mesmo apelo. Enquanto penso nessa hipótese vou massacrar-me o dia todo a pensar no que devia ter feito: correr feito uma psicopáta aluada assim que ele saiu em Sete Rios (dado #1), colar-lhe um post-it com o meu número na mochila preta (dado#2) e entrar de novo no comboio à espera dum meloso convite para café.

Como não fiz isto, vou enganar-me e entrar na via do velho truque dos cobardes: "Deus, se realmente existes, dá-me uma segunda oportunidade se faz favor."

segunda-feira, novembro 12

No Stress...

Estou a morrer de saudades do futuro. Quero os dias de Natal em casa:
- mimos da mãmã (sim sou aficcionada do cafuné maternal e pratos quentes com ternura);
- acordar cedo e instalar-me no sofá para aquela delicia que só o sofá e belo do zapping oferecem;
- andar de pijama e arrastar o cobertor comigo para qualquer lugar, mover-me como uma
preguiça pedrada (com o mesmo pestanejar e tudo);
- falar com os diversos membros familiares (pai, mãe, irmão, avós, primos e primas, tios e tias e sim as vizinhas também se incluem neste circuito) e inteirar-me de assuntos sem a minima importância mas que sigo atentamente: algumas como se fossem foto-novelas bem kitsch, outras tragédias constrangedoras e outras ainda (das minhas primas de 6 e 11 anos) como um grande e louco festim!
- não pensar em grande coisa...andar simplesmente à procura do próximo prazer: enervar o meu irmão, puxar-lhe a cadeira onde ele se está prestes a sentar, assustá-lo com conversas mentirosas que muitas vezes têm uma longa duração...enfim, torturar o puto fisica ou psicologicamente. Ou melhor ainda: enervar os gatos, obrigá-los a ficar no meu colo de barriga para cima e falar-lhes muito muito sériamente num têtê-a-tête tenebroso. Repetir neste processo, como uma ladainha, a palavra "cão". Hummmm....
Enfim...só de pensar nestas possibilidades já fiquei melhor. Estou, de facto, mais calma.

quarta-feira, novembro 7

Extra! Extra!


Em poucos dias a minha vida deu uma volta que eu ainda não digeri:

- fui promovida, agora sou (profissionalmente) um tudo-nada mais importante.

- não tenho pais ricos mas tenho uns ricos pais (ohhh que lindo!) que vão sei fiadores dum tecto com poucos metros quadrados mas que vai ser maravilhoso. Tudo depende da minha capacidade de imaginar um lugar clean muito ikea mesmo estando numas águas-furtadas manhosas.

- comprei 3 pares de cuecas lindissimas e ultra-confortáveis por 8 euros.
- já saiu o Borda d'Água 2008 (Ainda não comprei. Mas 3 ou 4 exemplares devem ser suficientes para forrar uma parede da casa nova com as previsões, luas e melhores datas de colheita. Não encontro papel de padrede tão fashion e retro!)

Agora sim, começo a ficar contente. Já não sinto tanta vontade de me converter ao islamismo e estourar o mundo, a ideia de fazer um outro piercing está a esmorecer-se e hoje quando vi a noticia "coca negra entra em Portugal" já não fiquei histérica. Devo estar a ficar adulta. Mas não faz mal. O que é certo é que nesta passagem de ano, a máxima "ano novo, vida nova" nunca vai fazer tanto sentido.

segunda-feira, novembro 5

desafio

O Nim é bom rapaz e resolveu conceder-me a oportunidade de ser ainda mais parva do que geralmente sou. O desafio é o seguinte - escrever "5 afirmações gritantemente surreais". Já estou a esfregar as mãos de contente. Se tivesse uma tatoo, seria numa borda (que porca!) com o seguinte dizer: "I Love Non-sense!". Não, isto ainda não faz parte do desafio.
Agora sim, aqui vai disto:

1. De há uns tempos para cá tenho tido muito e bom sexo, em média 2 vezes ao dia, de modo que é impossível para mim ter um blog.

2. Chique, chique é trazer a tanga arregaçada quase pelo meio das costas, e os limítrofes das calças 1 dedo acima do inicio do rêgo do cu.

3. Se um desconhecido giro e bem cheiroso me propusesse uma noite como escrava sexual em troca de um T2 na Avenida da Liberdade eu jamais aceitaria.

4. Adoro comer banha de porco à colherada.

5. O meu maior sonho é ir a Vaticano quando o papa estiver senil e dizer-lhe ao ouvido "Meu Santo Padre, sou eu, a Maddie! Sim, estou crescida."

Pronto, agora fiquei com medo. Ainda nos vão processar a todos por sermos tão maus.
Agora as 5 criaturas que têm de dar continuidade à tolice são:


Oh não vale. As outras pessoas que conheço já foram todas apanhadas. (agora estou a fazer a mesma cara de ranhosa que está documentada num home video de 1990 quando o meu primo me levantou a saia para cima)