quinta-feira, dezembro 20

Balanço da Semana

Ora vamos lá fazer um balanço da semana com a esperança que no fundo no fundo, não tenha sido assim tão bizarra:

  • O novo troço do metro é finalmente inaugurado e isso provoca-me uma confusão mental. Ponto número um: meio mundo diz que aquilo é fatalmente inseguro; o outro meio mundo diz que aquilo é tão seguro que poderia ser uma enorme redoma para criaturas indefesas e precisosas e/ou para a rosa frágil do Principezinho. O que é que isso gera na minha cabeça? Uma enorme dualidade. Por um lado vou passar a poupar o taxi até ao Lux, por outro corro o risco de chegar à porta com um ar de naúfraga, morta por uma superbock ("porque não é só alcool") e um passozinho de dança para desanuviar do susto.
  • Outra coisa: troca de prendas...mas porquê?? Ai cum caragllio. No meu caso, o grupo é varíadissimo, uma selecção das melhores espécies humanas! A prenda a comprar terá de ser uma tentativa de agradar tanto a homens, mulheres, gays, bichas (e cá pra mim uma é sapatão), aos que estão na casa dos 30, 40, 50, 60!!, ou ainda aos vaidosos, aos maltrapilhas, aos que tomam banho e aos que não tomam banho, e depois ainda há os sérios e introvertidos e os mega-extrovertidos e as hiperactivas. E acho que ainda posso dizer que (a nível estético vá) há freaks, sóbrios-clássicos-intelectuais, pós-modernos-hibridos-a-roçar-o-fashion, todos-de-preto-tipo-Berardo, mulher-da-limpeza-da-Mouraria, descontraídos-desportivos-cool...Meu deus...haverá alguma coisa em comum?
  • Depois...o meu telemóvel anda a dar comigo em doida. Já não sei que faça, ando muito apagadita e tudo por causa disto. Parece que receber e efectuar chamadas tudo bem, mas enviar sms's no way rosey.......... Eu vou confessar aqui uma pequena coisa - esse facto é verdadeiro, mas também é verdade que eu já sei o "truque": é desligar/ligar o telemóvel e o problema só volta a acontecer dias depois. Mas no fundo até que não é uma razão assim tão injustificada para comprar outro...ou é? Lá está - outra dualidade. Consegui ficar confusa outra vez.
  • Estamos em pleno count-down até ao grande dia. Se hoje é Quinta-Feira e amanhã é Sexta, pelas minhas contas, faltam 5 dias para a comemoração dos 2008 anos do nosso amigo Jesus. Que se fosse hoje e em Portugal podia muito bem não apanhar nem uma coisa nem outra - nem Maternidade e nem Burro ou Vaquinha para ajudar no combate ao frio.(Esta piada...estou com certas dúvidas. Muito arriscada. Mas assumo a total foleirice e um travo de inspiração nos Malucos do Riso)
  • Estive numa jantarada animada e, quando chegámos àquela parte em que já mamámos algum vinho e saiem coisas mais retrincadas de sair com uma facilidade espantosa, uma grande amiga minha muito punk rocker, contou-me que a última vez que tinha chorado, foi de emoção ao ver isto http://br.youtube.com/watch?v=07u6V6mtaPA.

  • De resto...foi uma semana cheiinha de trabalho, aflição atrás de aflição. Cheguei inclusivamente a enviar faxes e a receber e-mails. Parece que está tudo a postos para 5 dias de descanso intenso. Os meus planos incluem ficar sentada à lareira, como um gato a receber todo aquele calor e à espera de entrar em transe ou hipnose com as cores e o movimento das chamas (o Paulo Coelho chega a ter uma passagem fantástica numa das suas obras sobre o poder hipnótico das chamas. O Paulo Coelho é nobre, não é brega. Eu gosto muito do Paulo Coelho. Viva o Paulo Coelho. Paulo Coelho, Paulo Coelho, Paulo Coelho ... experimentem dizer o nome dele num loop lento. Como qualquer palavra, perde o sentido. Como eu ia a dizer......lareira, sofá, cobertor, tv e o rol de coisinhas divinas que nesta época nos entra casa a dentro plo ecrã. E familia e couves e bolo-rei.

Um bem-haja e se até lá não tiver oportunidade - Um Santo Natal!

terça-feira, dezembro 4

benditos transportes públicos

Pronto. Vou-me deixar de queixumes e seguir os vossos preciosos conselhos. Já estou a programar uma valente sexta feira à noite. E já sinto de novo uma adrenalina adolescente que me permite sentir feliz só de pensar na roupinha da festança. Vou beber até sentir uma dormência e parvoíce geral e dançar como se não houvesse amanhã.
Mas antes, aqui fica uma citação que consegui apanhar hoje de manhã no metro:

senhora 1: Pois...veja lá, apanhou uma adistenção miscular no ginásio. A minha neta...e já não é a primeira vez coitadinha.
senhora 2: Pois! Elas não têm cuidados. É que isto é assim - lá dentro está calor e suam bastante com os movimentos e depois agora com este frio...! Lá está. Apanha-se de tudo com este tempo.
senhora 1: É verdade. Estas diferenças de temperatura são o inferno dagente.

segunda-feira, dezembro 3

ingredientes para uma boa dor de cabeça...

...e mau-estar geral:

- uma longa noite de insónias
- má circulação e consequente frio intenso nas extremidades do corpo
- falta de um bom banho quente e calmo
- refeições rápidas muito calóricas e pouco nutritivas
- 8 horas em frente ao ecrã do pc
- trabalho miudinho, revisão de textos, graxa a patrocinadores
- preocupações várias q.b.
- a voz e o riso de escárnio do chef
- mau cheiro nos transportes públicos (odores corporais+perfume do chinês)
- canalização dos fundos de maneio para o caseiro Plano Poupança 2008
- profundo decréscimo na média de saídas para a cowboiada
- falta de contacto com amigos
- descrença total em pai natal, deus, gnomos, fada dos dentes e afins

Uma palavra de apoio, um gesto de carinho, uma saudação amiga pleeeeeeese!