terça-feira, março 25

urgente

Às vezes tenho acessos de lucidez. Começo a pensar com fervor por assim dizer. Vêm-me à cabeça informações tão verdadeiras quão assustadoras, do género – eu posso morrer agora mesmo. Daqui a nada levanto o cu da cadeira para ir tomar um café e quem me garante que não me passa um caterpillar por cima e me faz num 8, esborrachada no asfalto sem mais um suspiro para dar ao mundo. Fico com uma consciência da morte de morte. E penso assim durante uns momentos, aflita, sem saber como controlar essa inquietação. Eis que começam a nascer todas as vontadinhas e/ou desejos e/ou fantasias e/ou sonhos de consumo que queria ver concretizados no imediato. Não são vontadinhas, desejos, fantasias ou sonhos de consumo improvaveis ou de dificil realização. Mas são vontadinhas, desejos, fantasias ou sonhos de consumo que eu simplesmente não tenho coragem de realizar tendo por base a sensação de que a minha vida se vai prolongar a médio prazo pelo menos. Nestas coisas, nada como dar um bom exemplo. Uma das coisas que me ocorre sempre nestas alturas (relembro: em que me assalta a ideia de que posso morrer já da parte da tarde) é a seguinte – eu gostava muito, mas MUITO de me levantar da cadeira a meio de uma reunião com chefes e sub-chefes e quase-chefes e respectivos colegas, colocar um ar solene qual Simone de Oliveira numa cerimónia de homenagem e declarar "Minha gente: no fundo, no fundo eu amo-vos a todos. Digo isto de coração aberto. Mas nunca mais me vão por a vista em cima e por isso aqui deixo o meu mais sincero ritual de despedida". No momento seguinte, saltaria para cima da mesa e transformava-me num genuino elemento de um rancho folclórico a dançar e a cantar "Adeus Ò Serra" e dava um beijinho na testa de cada um. Degustava enquanto podia e fosse seguro, a reacção do estimado público e partia para outra.
Pedia um credito por sms à Cofidis. Marcava uma sessão de 1h30 de massagem a 4 mãos. Apanhava um taxi e reunia a melhor selecção de amigos (sim, cabem num taxi) para lhes lembrar que os adoro e que a vida sem estas loucuras não presta para nada. Faria os possíveis para ter sexo com o Martini Men (já referido neste blog, não vale a pena procurar não é nada de mais e não o conheço muito bem mas é o sex-symbol do momento). Comprava 2 viagens ao Brasil, reservava o melhor dos resorts em pensão completa em nome dos meus pais. Tentava ser apanhada num inquérito de rua, em directo para a SIC e diria "Este país é uma tragédia. Por favor, queiram lavar as cuecas." Ou talvez aproveitasse para dizer "Fulano tal, morador no sitio tal, numero de telemovel 9xxxxxxx com quem já tive infelizes relações sexuais tem uma pila deste tamanho (e exemplificava com o mindinho)". Ou então: "Fulana tal, aquela que apareceu há bem pouco tempo num famoso concurso de TV que ocorre anualmente e tem a ver com cantorias, é, a meu ver, extremamente foleira". Depois ia comprar uns ténis que ando a namorar há meses. E um casaco e uns brincos também. Abordava um punhado de sem-abrigos e freaks de rua com um folheto da telepizza perguntando-lhes o que lhes cairia melhor no estômago e mandava vir e pagava inclusivé. Deixava uma mochila suspeita numa wc na assembleia da republica e fazia uma ameaça de bomba. Vestia o fato do Noddy e ia para o Continente do Colombo fazer uma campanha free-lancer até que viessem os seguranças agarrar-me, enxovalhando o personagem em praça publica. Ia correr desalmadamente pelas ruas da baixa, gritando como uma perdida "O Sócrates é um cagalhão!! É ou não é?!" espicaçando o povo o mais de pudesse, numa tentativa de fazer nascer um grande motim. Ia dormir num hotel de 5 estrelas com os mesmos amigos que meti no taxi, e, usufrindo dos mais convenientes serviços de hotel legais e ilegais, íamo-nos comportar como uma banda de rock indie em digressão (quais Babyshambles qual quê).
Enfim.
Ajudem-me a fazer crescer esta lista de coisas a fazer antes de esticar o pernil. Ou melhor, se esticassemos todos o pernil daqui a uma semana, ao mesmo tempo, numa grande catástrofe, o que teríamos a fazer antes?

Pensar nelas é, de algum modo, concretizá-las um bocadinho. (Será que eu já usei esta frase antes? É tão linda.)

Ps - Vale tudo. Sangue, suor, lágrimas, esperma, saliva, matar, fazer bébes etc.

8 comentários:

Anónimo disse...

Concordo plenamente. =)Li

>> nim disse...

ler este post no momento em que me dizem que vou ficar a trabalhar até às tantas da manhã para acabar um video para o tal de engenheiro sócrates, odiando eu todo o desenrolar deste projecto, e tendo sérias duvidas sobre a qualidade do resultado final... não é bom!

se a minha revolta interior já era grande, tu tornaste-a gigantesca. és a minha desgraça!

se amanhã eu estiver a escrever um post com o título 'como eu fui despedido', a culpa é toda tua :p

kitsch kiss

Angelo disse...

BEEEEEMMMM! Grandes cenas te passam pela cabeca!!!

Anónimo disse...

Será que me dás boleia no tejadilho desse taxi? Também gostava de gritar tudo o que me azeda durante a noite e me torna o hálito impossível pela manhã... Gosto da tua lista!

>> nim disse...

pronto, já estou em casa e mantenho o meu emprego. amanhã é outro dia... mas o sócrates ainda não me largou as calças. ele é que é o primeiro-ministro, e eu é que não me governo!

kitsch kiss*

misskitsch disse...

Este é o post que eu queria ter escrito!!!!
Muito bom. Acrescento mais uns que, honestamente, ainda não perdi a esperança de os concretizar:

- num dia de imenso calor, espetar um corneto na testa
- começar um cigarro (eu não fumo) só para o apagar na testa DAQUELA pessoa *este sei que vou realizar um dia*
- atropelar um conjunto de pombos ali no largo do camões
- partir um monitor old school, daqueles pesadões, na cabeça de alguém

e pronto, são algumas!


p.s. continuo à espera da tese das ramelas.

Telak disse...

hm...bungee jumping?e talvez alugar um carro ultra-caro da gama dos ferraris e afins e espetar-me com ele (nada mt sério...mas o suficiente para dizer FDXXXXXX parti um carro que me vai seria creditado até aos netos), humm e ja agora teria relações :)nesse carro enquanto o conduzia...havia de ser complicado mas heys...tb estariamos pa morrer de qq maneira,ne?:P

ah... aproveitava e jogava tambem Roleta russa!

sue disse...

徵信公司,尋人,抓姦,外遇,徵信,徵信社,徵信公司,尋人,抓姦,外遇,徵信社,徵信,徵信社,尋人,偵探,偵探社,徵才,私家偵探,徵信,徵信社,徵信公司,抓猴,出軌,背叛,婚姻,劈腿,感情,第三者,婚外情,一夜情,小老婆,外遇,商標,市場調查,公平交易法,抓姦,債務,債務協商,應收帳款,詐欺,離婚,監護權,法律諮詢,法律常識,離婚諮詢,錄音,找人,追蹤器,GPS,徵信,徵信公司,尋人,抓姦,外遇,徵信,徵信社,徵信公司,尋人,抓姦,外遇,徵信,徵信社,徵信公司,尋人,抓姦,外遇,徵信,徵信社,徵信公司,尋人,抓姦,外遇,徵信社,徵信,徵信社,尋人,偵探,偵探社,徵才,私家偵探,徵信,徵信社,徵信公司,抓猴,出軌,背叛,婚姻,劈腿