sábado, abril 26

25 de Abril - mas sempre?


Ontem, não houve canal que nos poupasse ao momento televisivo "sabes o que aconteceu a 25 de Abril de milnovecentosesetentaequatro?"

Porque é que a cada 25 de Abril a cena se repete? Os broncos escolhidos para os depoimentos são, a meu ver, uma minoria. Acho que há uma cambada de directores e editores de redacção e jornalistas que querem mostrar um flagelo de ignorância que não existe dessa forma tão horrível.

A maior parte do pessoal sabe do que se trata, não é? Podem não fixar nomes de Capitães de Abril, podem não saber os passos dessa madrugada e desse dia em pormenor, podem até errar no ano vá (é grave, é grave). Mas ontem, o que deram a entender a todo o Portugal, é que a maioria duvida se o 25 de Abril é o aniversário daquele rei cheio de power que fundou esta merda toda, o Henriques Man; ou se afinal é uma data de homenagem àquele zarolho, o Luis, o que escreveu aquela cena bué importante e isso.

6 comentários:

>> nim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
>> nim disse...

lol! por acaso também comentei isso ao jantar. contra mim falo, mas os jornalistas nestas cenas escolhem sempre os piores depoimentos.

quanto às tuas somas a+b, dissipam-se as dúvidas quanto à mente brilhante que tens :p

isso de ter bicil setas em casa é muito à frente. posso alugar à hora? a mensalidade seria sem dúvida mais barata que a do ginásio.

beijo :)

>> nim disse...

está combinado!

até te trago 2 kg... porque o penim é fish!

beijo

misskitsch disse...

Honestamente?
Acho que a coisa até é bem o exemplo do que se passa. É grave, é mesmo grave!

Telak disse...

Eu tenho a impressão que fazem de propósito...

medusasss disse...

Recebi recentemente um email sobre gaffes cometidas por gente universitária (se bem que alguns eram de privadas, passe a presunção), e era cada coisa mais estúpida, sem sentido, cada aberração!
A estupidez está em todo o lado.
***