segunda-feira, setembro 29

serviço público



Esta manhã de segunda-feira foi uma das mais dolorosas de sempre. Foi por um triz que não fiz um telefonema sofrido a uma partner de trabalho. Nesses primeiros momentos da madrugada, a minha fraquíssima actividade cerebral está exclusivamente programada para ludibriar o patronato.

Como sou boa amiga, partilho com vocês o meu best of de desculpas. São a minha reserva especial, muitas delas nunca antes usadas. Algumas funcionam apenas para justificar um atraso, outras - uma manhã, e algumas, se aplicadas com mestria, permitem um bonito dia de folga:

“Tive uma noite péssima, nem sei bem o que foi. Até tenho uma pontinha de febre”

“Um cano da cozinha rebentou…casas velhas, sabes como é…, que merda.”

“Tenho de tirar o dia para ir à Loja do Cidadão, tenho tanta papelada para por em ordem…!”

“Tenho de ir ao banco, desapareceram 300 euros da minha conta!”

“Não posso continuar a ser negligente com a minha saúde, tenho de ir fazer análises.”

“Não consigo sair de casa, tenho o tornozelo que parece uma bola! Vou agora às urgências. Espero que não seja nada…”

“Morreu um primo de uma amiga minha, tenho de passar o dia com ela. Ela não está nada bem, coitadinha.”

“Acreditas que me cortaram a luz desde ontem à noite?? Tenho as contas todas em dia, pá!! Tenho de ir à EDP, aqueles cabrões…tenho o frigorífico a descongelar! Que sina a minha!”

“Hoje é segunda-feira?? Estás a gozar??! Que horror…ando tão cansada, até tenho medo do meu cansaço não ser normal…passei o Sábado a dormir e hoje pensei que fosse Domingo..."

“Houve um acidente horrível mesmo à porta da minha casa…eu vi tudo, foi horrível. Ainda estou a tremer e estou muito mal-disposta. Não consigo tirar a imagem da minha cabeça...”

“Perdi a minha carteira, tenho de ir à polícia. Fogo, logo hoje que queria despachar uma série de coisas!”
“Não dormi uma hora sequer, que desespero. Eu nem sou de ter insónias… Não vou aí fazer nada, nem consigo abrir os olhos. Vou tentar ir à tarde.”

“Estou na policia…depois conto-te tudo. É grave é! Uma emigrante ilegal anda a usar o B.I que perdi há 2 semanas!”


Usem o vosso bom-senso para entremear tudo isto com algum choro ou riso nervoso ou gemidos de dor.
Se também tu tens uma boa desculpa, por favor, mostra-me!

5 comentários:

Salustio disse...

Essa do BI assustou-me. Se calhar é por isso que às vezes recebo correspondência da embaixada da Guiné-Bissau.

medusasss disse...

wow!!!
Este blog também é serviço público!

-Tenho uma pneunomia altamente contagiosa... Sim, vou ter mesmo de ficar em casa... ordens do médico!

-Cortaram-me os 4 pneus do carro! Vândalos! Preciso de ir ao mecânico e depois apresentar queixa na PSP.

-O elevador lá de casa avariou e fiquei 2 horas a gritar por ajuda. Estou um farrapo!

Oh... variantes das mesmas opções :)

***

misskitsch disse...

Vale imprimir isto e usar na carteira, pronto a ser retirado e usado numa oportunidade necessária?!
É que vai ser o fim deste teu post.
Obrigada *

Leila* disse...

Hoje usei a da loja do cidadão.. na verdade tenho de lá ir buscar o meu b.i., mas hoje fiquei mesmo foi na cama mais um bocadinho... :)

Kiss*

Maria Inês disse...

ahahaha!
a da gastroenterite também costuma funcionar bem.