sexta-feira, dezembro 12

não oferecer à Lady, please

Eu acho que 2009 vai ser um ano de viragem.

(Maya, se estás aí, o que é bastante provável, vai daqui beijinhos daquela com quem trocaste impressões na feira esotérica de Oeiras em 1999.)

Este mês está a ser um mês de decisões difíceis e bastante complexas numa época que se quer de paz, amor e rabanadas. A propósito de rabanadas, sou só eu, ou esta palavra tem qualquer coisa de estranha? Ra-ba-na-das. Ra – ba – na – das.
Mais um típico momento em que consigo isolar o significado do significante e depois dá nisto. Fico com a cabecinha oca.

Bom, agora que já não me lembro minimamente do que queria dizer, resta-me deixar aqui uma lista de itens a não oferecer. Para entrarmos em 2009 com o pé direito (ah 2009, ano de viragem, era isso. Cá está - o meu cérebro afinal não me falha…)

O ano passado também fiz uma lista de presentes envenenados e está mais útil e engraçado do que esta.


A Enya mete nojo. Pan-pipes também. Se isoladamente são o que são, a simbiose é aflitiva.


Ao contrário de mon-chèries, eu sinto-me misticamente ligada aos Ferrero Rochers. Mas estou farta de fazer figuras deprimentes para conseguir entrar nos meus jeans mais justos. Uma caixinha ainda vá que não vá. Também não é uma caixa que me vai transformar na Fiona, não é?

Trabalhinhos e coisinhas fofas em decoupage deixam-me enjoada. Jamais oferecer.


Adoro mariquices para o banho, sais e óleos e velas e aromoterapia. Pena não ter banheira.
Peluches e coisas divertidas daquelas lojas que vendem papiros do género "Para a melhor namorada do mundo"... sem comentários.

3 comentários:

crème fraîche disse...

eu tb fiz um post c uma lista dessas LOL


e essas caixas...GOD! essas caixas com colagens dos guardanapos...!!!

Mak, o Mau disse...

Para dizer I love Portugal só mesmo um urso...

PKB disse...

Tomei nota... =)