segunda-feira, abril 13

presunção e água benta, cada qual toma a que quer

Sabem aquela teoria que diz que os animais de estimação e os respectivos donos têm tendência a assumir as características um do outro? É verdade. E é tão verdade que até faz impressão.

Eu já achava que eu e a Lady Cat éramos muito parecidas, sobretudo na relação que mantemos com o sofá e a cama. Espreguiçamo-nos e rebolamos de forma idêntica, somos viciadas em mantas e cobertores e eu confesso que já estive mais longe de ronronar. Também já nos tinha achado muito semelhantes na astúcia que partilhamos, na elegância, no olhar doce mas atento, na forma de beber o leite (eu também molho os bigodes) e ainda na capacidade de por o cérebro em stand-by e, por exemplo, fixar a atenção num pormenor das cortinas e ficar estúpida por um tempo razoável (muito difícil encontrar este ponto em comum com um humano).

Nestes dias de festas em família, cheguei à conclusão que não somos parecidas. Somos soulmates. Tal como eu, ela é toda gracinhas, sempre a chamar a atenção e a cativar as pessoas, muito socialite e cheiinha de charme. Não gosta é de grandes confianças, nem festinhas nem graçolas de pessoas que não conhece de lado nenhum. O único colo a que cedeu foi o doce regaço da mamãe (ronronronromronrom).

O reencontro com o irmão envolveu alguns momentos Fight Club mas também houve espaço para a ternura. Adorou estar esticada ao sol e entregou-se ao bucólico contacto com as flores e natureza assim no geral.

E, last but not least, quando um gato todo cheio de segundas intenções se aproximou, foi vê-la dar o seu melhor para que tudo corresse pelo pior.
É uma simbiose esta merda.

6 comentários:

anatcat disse...

enquanto não te começares a roçar pelas pernas das pessoas quando queres comida, está tudo bem :D

bjs

Pulha Garcia disse...

Soulmates, indeed. Mas no caso dos animais, mais genuínos do que nós.

R.L. disse...

ui, e o cio? :P

Rita Maria disse...

E o cio SÓ EM FEVEREIRO?

Lady Oh my Dog! disse...

A palavra "cio" está completamente proibida por aqui.
É TABU! E eu voltei a ser virgem, tenho quase a certeza.

Celeste disse...

O *piiii* é como o Natal, é quando uma gata quiser. E pronto!

Beiji