quinta-feira, julho 30

eita pau

(Um pouco de non-sense e mau-gosto nunca fez mal a ninguém. Vá, cliquem na imagem para ver melhor.)

- Tu és tão complicada. Mas tem de ser tipo quê?
- Não sei, sei lá…
- Nomes, dá-me nomes. Alguém que tu aches giro.
- Não sei, assim de repente não sei… talvez…o Jude Law?
- O Jude Law? Ó filha, o Jude Law, a fruta que tu gostas, ele chupa até ao caroço pá!!

snif...
é mentira, não é?

11 comentários:

Rita Maria disse...

Eu nao percebi nada mas ponho as minhas maoos no fogo pelo rapaz e se ele quiser partilhar alguma fruta comigo eu partilho, nao seja por isso.

(o caroço é cancro?)

Lady Oh my Dog! disse...

Rita Maria,

a do caroço foi só uma força de expressão, mulher.

Pink Panther disse...

Oh minha linda... eu tb já ouvi dizer isso... não é de estranhar... os bons mesmo ou são gays ou casados... antes casados pois há sempre esperança que qd nos encontrarem fiquem completamente loucos por nós... eheheh

SecretLittleGirl disse...

não me venham dizer isso...não...não pode... o jude law? aquele pedaço? gay? não...

Pedro M. disse...

O Jude Law estraga a competição toda. Gajos como eu, ao pé dele, mais vale ficarem no sofá a comer doritos. Quem me dera que ele fosse panasca.

Golem disse...

Retiro o que disse. Quando falei em confundires-me com o Jude Law não era nisto que estava a pensar.:)

crème fraîche disse...

fds, hoje já não durmo!

Miss Shining disse...

é mentira, é, Lady... Podes dormir descansada. Tu, eu e todas as que suspiram por aquela carinha de anjo. Ai, ai...

Se calhar anda aí uma confusão qualquer com um filme que ele rodou que fazia de traveca. Tirando isso, acho que gosta (e muito!) de mulheres. Graças a Deus!

a estagiária disse...

Hum.. não sei se será mentira..
Uma perfeição daquelas algum defeito tem que ter.. às tantas é mesmo esse.. :S

Emma Bovary disse...

Xiiii, que eu pensei mesmo que a Maia se tinha passado de todo... Era lindo! lol

P.S. - Odeio o Jude Law! Especialmente com sotaque inglês. Yack! Mil Clive Owen's com ou sem sotaque...

Piston disse...

Não percebo o porquê de tanto alarido quando ainda me encontro no país.