sexta-feira, setembro 4

loch ness

Águas paradas onde, de vez em quando, há avistamentos de monstros.
É assim a minha "vida sentimental".

(foi a primeira e espera-se que a última vez. se eu voltar a usar a expressão "vida sentimental" corto os dedos todos)

6 comentários:

R.L. disse...

«assuntos do coração» seria bem pior.

Rita Maria disse...

Eu gosto de vida sentimental. Era um óptimo título de blog, mas ja deve existir.

Nocas 75 disse...

Sei que nada tenho que haver com isso...mas acho que devias de te preocupar com essa vertente da tua vida. Como tu própria já diseste e pediste...acho que deves apaixonar-te sem querer.

Apaga esse traço de ti...essa pertinente e persistente busca. Deixa-te estar assim...sem buscas ou ilusões.

Bem sei que isso tem peso...corrijo...sem que a solidão tem peso mas não é preciso dar tanta improtância ao mesmo.

Nocas 75 disse...

Voltei só para corrigir o texto:

Sei que nada tenho haver com isso...mas acho que devias de deixar de te preocupar com essa vertente da tua vida. Como tu própria já diseste e pediste...acho que deves apaixonar-te sem querer.

Apaga esse traço de ti...essa pertinente e persistente busca. Deixa-te estar assim...sem buscas ou ilusões.

Bem sei que isso tem peso...corrijo...sei que a solidão tem peso mas não é preciso dar tanta importância ao mesmo.


(isto de escrever depressa demais dá nestas coisas)

Espiral disse...

Vida sentimental realmente é meio revista cor-de-rosa.

Normalmente digo vida emocional... dá um ar mais pseudo profundo ah ah ah... e mais "sou forte e aguento-me"

Beijo =)

Maria Inês disse...

ahahah! és grande;)