quarta-feira, dezembro 16

como sobreviver neste mundo cão

Não liguem ao post aí em baixo não. Depois venham-se cá queixar. Só para terem uma ideia, ontem apliquei tantas regras de fêmea-alfa, que hoje quando cheguei a casa tinha o lixo no lixo, a cama feita, a roupa mais ou menos dobrada em cima de uma cadeira e a cozinha num mimo.

Vamos ao exercício prático:

Estava ele a contar quando é que tinha reparado que eu era a gaja podre de boa que sou e eu, com toda a filha da putice que me caracteriza, abri muito os olhos e disse

A sério?!

Seguido de

Eu nem me lembro de ti nessa altura...

Atenção a isto minha gente, a mentira está ao serviço da felicidade conjugal:

O macho fica com a feliz sensação de que é um caçador de fêmeas difíceis e indiferentes (isto é importante).

E eu fico com a loiça lavada (isto é ainda mais importante).

8 comentários:

S. disse...

LOL opá o que eu me tenho rido com os teus posts... metem qualquer pessoa bem disposta :P adoro vir aqui

Angelo disse...

Tu estás muito à frente!

Cate disse...

é assim mesmo, ahahah! ;D

Hydrargirum disse...

Ha qq coisa de Bradshaw em ti, nao ha?:)

N disse...

Ahah tb já fiz uma coisa do género.

Eu: da primeira vez que saímos eu só fui para te despachar.

Ele: A sério? (com a cara "isso é brutal e eu sou o maior agora vou fazer tudo o que quiseres")

Mak, o Mau disse...

Ah, já percebi, isto é tipo aquele programa bacoco do mágico da máscara, mas aplicado aos segredos das relações.

Vou já partir as mãos para não ter que lavar a loiça, caso me apliquem esse truque...

Emma Bovary disse...

looooooooool

A verdadeira risota vai ser quando vocês estiverem completamente à vontade um com o outro, daqui a uns tempos (largos ou não). Tu vais dizer-lhe isto porque não vais querer perder a oportunidade de, mesmo em baixo, ficar por cima e dizer "eu mexo-te como se fosses uma marioneta", só porque sim.. É que vais mesmo roer-te toda para lhe contares isto.. loool

fd disse...

Nunca de esqueças de apagar o histórico de navegação do browser...