terça-feira, outubro 27

caralho pá, estava aqui a curtir um momento tão bonito e depois apareceu o david fonseca na televisão.

é isto

mon amour, mon ami



Um dos meus melhores amigos de todo o sempre mora em Coimbra e é espectacular. É das pessoas que mais adoro em todo o mundo (e olhem que nasci nos States, já fui ao Brasil, Praia e Bissau – mentira, estes – Espanha, França, Marrocos duas vezes, Algarve, etc.).

Conheci-o nas primeiras semanas de Faculdade. Eu não me lembro de quando é que o achei um gajo fixe, mas diz ele que se lembra de reparar em mim no primeiro jantar de curso. Achou-me uma campónia um bocado parva e com um riso histérico, o que não deixa de ser uma apreciação justíssima – na altura eu achava que usar cabelos pelo meio das costas, risco ao meio e corte direito era bonito. Isso e ceninhas hippie, guizos e ponchos. Mas nada disso foi suficiente para impedir uma bonita amizade.

Atenção que também estou em condições de afirmar o meu amor incondicional. Sabem aquela coisa que o Tintim tem no cabelo? Aquela pala que se usava há 6 ou 7 anos atrás e que muito contribuiu para a expansão da cosmética capilar? Pois é, estamos a falar de um indivíduo que gastou rios de dinheiro em géis e lacas para lutar contra a gravidade e manter aquela cena firme e hirta como a franja da Cameron Diaz em Doidos por Mary. Como eu tenho um coração de ouro, ultrapassei com relativa facilidade essa vicissitude que se apresentava todos os dias à comunidade universitária.
Ora tudo isto começou em 2002 e desde então a vida apresenta-se-nos cada vez mais impressionante e cheia de cenas. Não nos livramos de ter um problema ou outro que nos mace o juízo, o que nunca é totalmente mau, porque gostamos de abrir os sapos nas aulas de dissecação (quase sempre por telefone), examinar as peças e brincar com a merda. Acho isto raro e cada vez mais difícil - uma amizade desinteressada que chafurde em várias frentes e em que se partilhe receitas de pataniscas , quando ainda há pouco o assunto era qualquer coisa como a solidão dos jarros numa cabeceira de hospital. Ou a escatologia anunciada na moda das botas de plataforma – ora aí está, mais um bom título para um novo livro de,

adoro o meu amigo de Coimbra.
(e é uma chatice as palavras nunca serem suficientes)

domingo, outubro 25

thank you india

Estou tão contente com o meu macbook! É lindo, é espectacular, é leve, a bateria dura horas e horas, é rápido, é divertido e vai tão bem com a minha casa.

Nunca tinha trabalhado mais de 30 segundos num Macintosh e confesso que estava com medinho – será que os vídeos porno corriam com uma maçã a tapar o que era realmente importante? Mas não tinha razões, isto é clean and easy, muito agradável à vista e intuitivo.

(tu, representante da Apple Portugal, que me estás a ler – não estarão interessados numa pareceria comigo? Vocês fornecem-me todo o equipamento necessário e eu, como contrapartida, usufruo. Posso até considerar vestir uma t-shirt – obviamente molhada – a dizer “Mac Lover”. Uso o 36 copa B e às vezes C, consoante as marcas e o meu ciclo menstrual.)

Obrigada a todos os iluminados que me aconselharam a fazer isto. Obrigada Santander, por me ajudares a cavar o meu próprio buraco financeiro. Obrigada Fnac pelo marketing eficaz. Obrigada personalidade influenciável, sempre à procura de produtos que me mantenham o status e a qualidade de vida.

quinta-feira, outubro 22

he's so fine

Agora que o meu coração anda a brincar comigo aos electrochoques não sei se hei-de achar graça a tudo isto. Sou ridícula e sempre a primeira a desviar o olhar estremunhado de tanta tensão, desculpa-me. Mas por outro lado estou cheia de boas ideias.

Em suma, o que eu acho que deveríamos fazer:

encontrarmo-nos por acidente num lugar sossegado mas com cerveja à disposição. Por exemplo, o meu quarto. Cabemos lá os dois à vontade, a lotação é limitada, há os lugares da grande cama e uma cadeira ao canto (quase sempre cheia de roupa) mas há poucas probabilidades de entrar alguém que incomode e pode-se fumar em dias excepcionais (como este, seria espantoso encontrarmo-nos por acidente no meu quarto, eu fazia um oh! de pin-up em três tempos). O bar tem pouca mas boa oferta, há uns copos novos que são uma classe e embora possam faltar outros luxos, o saca-rolhas nunca falha.

Depois, sempre me podías falar mais dessas tuas coisas, o que é que tu fazes afinal? ah isso, tão fixe, eu adoro, sim, claro, pois, é engraçado, já tinha pensado nisso, que interessante, mostra-me mais que eu quero mesmo ver o que há exactamente debaixo de isso tudo tão imensamente, assim, um bocado

bom

faltam-me as palavras, sempre que me quero explicar melhor tenho de recorrer a uma onomatopeia seguido de um gesto quase sempre idiota e uma ou outra expressão pouco clara.

Oh.
Esquece.
Talvez não seja assim tão importante, afinal eu só ando a acordar e a adormecer a pensar em ti e no intervalo disso ocupas-me a cabeça. Preferia que não e pelos vistos ainda não é amanhã que tudo isto acaba pois se me andas a combinar perguntas, respostas e outras coisas que eu ainda não sei bem, preciso de algumas horas para aquelas interpretações complexas que as mulheres fazem, dissecar todas as palavras e tempos de respiração.

E é como te digo, preciso de alguns dias, nunca se sabe se semanas, para te estudar e tirar conclusões. E já se sabe que um estudo nunca está completo sem a introdução e análise de outros pontos de vista, por falar nisso, tenho de combinar um café com duas ou três amigas para lhes perguntar umas coisas e ver se sempre bate certo com a tese que elaborarei e que intitulo desde já "o ego escancarado",

não aguento mais, está a dar uma música vou ali respirarepensaremti.

segunda-feira, outubro 19

sorriso idiota

Ou as coisas entre nós começam a correr mal ou recuso-me a tirar o cartão do cidadão.

olá deus

Apenas para relembrar que só passo a acreditar em ti se ganhar o primeiro prémio do euromilhões.

Não te esqueças que isso é muito mais importante do que encontrar o amor da minha vida.


Obrigada.


(olha que mando logo fazer um templo com colunas gregas, daquelas mesmo boas.)

domingo, outubro 18

a minha relação amor-ódio

ora aqui estou eu a tentar:

e aqui já com um sorriso de alívio que não dá para ver bem na foto:



sexta-feira, outubro 16

radio killed the video star

portanto, amanhã, façam o favor de sintonizar os vossos aparelhos aí em casa na Rádio Comercial, pois este blog vai dar um programa de rádio!

*confetis* *confetis* *confetis*

Não é espectacular?!

Se amanhã às 21h não puderem, não chorem.

No domingo repete às 9h, para ouvirem enquanto comem os chocapic.

quarta-feira, outubro 14

so sweet

Estou há cinco dias (consecutivos) interessada no mesmo homem.

Mais: ainda não lhe demonstrei profundo desprezo nem lhe perguntei “e esse penteado – o que é que pretendes dizer com isso?”


E isto, meus amigos, tem um nome: maturidade.

terça-feira, outubro 13

conversa futura

Ele tem um aspecto que impõe algum respeito. É… digamos que…parece o presidente do clube de fãs dos Mão Morta. Tenho algum receio que ele se passe de repente, saque da navalha e me diga:
“o que é que tu queres, beta do caralho??”

De todo o modo, se isso acontecer, já tenho preparada a resposta na ponta da língua:

“Ora bem, vamos ter muita calma e concentremo-nos exactamente na última palavra que disseste.”

sexta-feira, outubro 9

up-to-date

Hoje fui eu que disse bom dia, da forma mais descontraída e cool que consegui.
Eu não sei se ele respondeu ou não, porque continuei a caminhar e ouço mal. Anyway, ele fez-me um olhar um bocadinho vampiresco – não sei se devo ter medo ou se foi só um excêntrico sinal de receptividade.
No último upgrade que fiz, no mundo do engate, meramente teórico, claro (tenho amigos que têm o mestrado nesta merda), a moda era enviar sms ou e-mails por engano, depois pedir desculpa, depois aguardar pela resposta “não faz mal, td bem” e responder com um smiley mais uma parvoíce qualquer e assim se iniciava uma bonita troca de coisas sem jeito nenhum.

Isto ainda funciona?
E o que é que ainda não saiu de moda no mundo da sedução?
O que é que uma gaja deve fazer/ não deve fazer?
Como é que podemos presumir que ele está interessado?

Eu, desde que entrei na idade adulta só tenho feito merda à conta da minha muita falta de paciência para paneleirices (e depois, eu sou como o Macintosh – muuuito mais intuitiva: a primeira piada geek da minha vida, ok, respira fundo, estou definitivamente no bom caminho).

quinta-feira, outubro 8

mac

O meu estado de felicidade e euforia tem em parte a ver com as aulas de hidroginástica à primeira hora da manhã, isto é indiscutível. Mas, há duas coisas muito boas:
1 – vou comprar um macbook
2 – temos homem no pedaço. Clarificando: conheci um gajo que não sendo absolutamente giro é absolutamente giro. Até agora, a nossa conversa mais longa foi “bom dia” e acho que ele tem namorada (se calhar até moram juntos, o que é horrível). Mas quem é que ela pensa que é para se colocar entre nós? Há pessoas que simplesmente estão destinadas a viver uma paixão muito tórrida e de acordo com o timbre e a entoação do “bom dia” de hoje, não posso ter grandes dúvidas disso. Além disso – e esta é a confirmação das confirmações - os nossos signos astrológicos têm total compatibilidade. Sem contar que os nossos números são da mesma rede.

Mas voltando ao importante – o macbook é lindo, não?

quarta-feira, outubro 7

eleétãoestiloso

estoudoidaachoquevouquinarquinarpinarquinarsehouveraquialgumlapsosoueuqueestouaescreveràpressaenemtenhotempoparaporespaços

terça-feira, outubro 6

aquaparque

Estou a adorar as minhas aulas de hidroginástica. Sinto-me mais firme e depilada que nunca. E atingi um nível de maturidade muito importante para mim – ou as turmas são de senhoras dos sessenta para cima ou então falto.

sábado, outubro 3

leitor, preciso de ajuda

O meu amado portátil pediu a reforma antecipada (era de 2003, isto agora é assim? duram só isto? onde estão os aparelhos e electrodomésticos do meu tempo que duravam décadas?).
E agora a dúvida - quem tem pouco dinheiro e quer uma coisa boa, faz o quê? (pensem, além das cervejas...)
Portátil ou desktop? E marcas? E quais são os mínimos a requerer na loja? Eu estou muito desactualizada. Eu fiquei lá atrás na cena dos Pentium III e 20 GB de espaço livre...
Vá lá gente informada. Não me deixem sem resposta.