terça-feira, janeiro 12

juízo e cabeça fresca



também o café tem de ser quente como o banho a escaldar e ainda por cima não sou lá muito dada à serenidade, nem à calma, nem ao equilíbrio. Coisas aprumadas e a pender para o saudável, só uma vez de dois em dois meses, traduzidas num cobertor e num sofá para arrumar uma tarde de domingo. Gosto de paz mas em pequenas doses, é difícil de explicar, tem de estar tudo a fervilhar numa medida especifica, que não me perturbe o sono pelo menos quatro ou cinco dias da semana (eu trabalho e mudo os lençóis da minha cama, não me posso dar a grandes luxos) mas ai que me falte um desconforto como uma luz de presença, uma azia em lume brando. Uma angustiazinha de trazer por casa nunca fez mal a ninguém, como aquele velho par de pantufas ao qual se regressa sem grande motivo. Enxotem-me os dados adquiridos, as rotinas a desenharem-se mesmo à frente do nariz, o telemóvel a piscar em chegando aquela altura do dia, o respeito pelas horas de sono, o cumprimento das refeições certinhas, o medo da chuva e de outras coisas maçadoras cansam-me a beleza. Prefiro comprar insónias por atacado do que andar a papas e sonos levezinhos quando calha. Não me venham com os caralhos do nude e dos pastéis – são lindinhos por um bocado, mas depois enjoa tanta doçura. Preto, vermelho, branco, azul, amarelo, laranja, lilás se faz favor. Se puder ser. Não me importam de onde provêm as sedas mas quanto às peles não sei esquecer que são esfoladas de um animal a guinchar aflito e eu levo a sério o sofrimento.

tenho de ir pintar as unhas.

7 comentários:

Anónimo disse...

pensei que fosse esfolado morto.

macaca disse...

É por estas e por outras que és, muito provavelmente, a Lady da Blogosfera. Mas isto fica só entre nós porque se há coisa que irrita é pessoal bajulador na caixa de comentários.

Frutinha disse...

LOL

Nude é realmente fatel....

AstroBoy™ disse...

Jebus lady, lay off the crack and come to Paris with me!

Anónimo disse...

Eles são realmente esfolados vivos...
E msm sem pele continuam durante um bom tempo a agonizar á espera que a morte certa chegue..
É horrivel e incompreensivel o uso de peles! : (
Obrigado por falares nisso...
By: juh

Sara disse...

Pessoalmente, gosto de zonas permanentemente "ensolaradas", apesar de perceber o fiasco que esta preferência consegue ser. Mas alguém já concordou contigo: "Choro porque perdi a minha dor e ainda não me habituei à sua ausência" (Anais Nin)

Anónimo disse...

Este achei muito pobrezinho. Muito teen melodramática incompreendida pelo mundo.