sábado, janeiro 9

tinha isto em draft há long long time ago

Portanto, não sei o que queres que te faça para o jantar
é carne, peixe, soja, vodka, whisky, cachaça? – tenho de tudo em casa, tirando a soja e carne só se forem os nuggets congelados do mini-preço que tenho comprado para as refeições rápidas que o trabalho me obriga a fazer e eu também não me importo, que até nem são maus quando bem feitos no forno, à temperatura certa. E isso ainda é o mais importante – a temperatura. Repara que um banho nunca será um banho sem os 30 graus que preciso para me sentir em condições de sair de casa.
De vez em quando lá te aceno um olá, a ver se me emprestas (olha que não disse prestas) um bocadinho de atenção, mas posso muito bem não estar para isto. Estamos em plena rampa de lançamento e eu estou a ser generosa. Daqui a nada revolta-se-me aqui qualquer coisa (e tu não fazes ideia do que estou a falar) mas acredita que ainda viro o teu mundo de pernas para o ar, mesmo sem querer. E se calhar até só estou a gostar deste prolongamento fantasioso porque o que eu adoro mesmo muito a sério é a iminência do desastre, aquele instante sobrelotado de adrenalina antes de revolver o cenário de uma assentada só, é uma tesão aqueles segundos antes de esmurrar uma respeitosa pirâmide de cartas. A ver se nos entendemos – eu até agora só me tenho dado mal com estes farejares que sucedem por aí entre homens e mulheres. Toma lá cuidadinho pela tua rica saúde e agora não oiças isto que não é preciso.


9 comentários:

marie! disse...

"E se calhar até só estou a gostar deste prolongamento fantasioso porque o que eu adoro mesmo muito a sério é a eminência do desastre, aquele instante sobrelotado de adrenalina antes de revolver o cenário de uma assentada só, é uma tesão aqueles segundos antes de esmurrar uma respeitosa pirâmide de cartas."

leio o teu blog há long long time ago, mas hoje tive que comentar. QUE BOSS Lady, que boss!

B. disse...

Tu escreves mesmo muito bem! Que arraso! Brutalíssimo.

L. disse...

lady baby, adoro ler-te, és do melhor que esta blogosfera tem mas... uma pequena advertência: eminência é o Papa. O que tu querias dizer era iminência. :)

Lady Oh my Dog! disse...

obrigada e obrigada pela correcção!

Ni disse...

Adoro a forma como escreves! :)
Sou fã!

**

Pipoca dos Saltos Altos disse...

"Daqui a nada revolta-se-me aqui qualquer coisa (e tu não fazes ideia do que estou a falar) mas acredita que ainda viro o teu mundo de pernas para o ar, mesmo sem querer. E se calhar até só estou a gostar deste prolongamento fantasioso porque o que eu adoro mesmo muito a sério é a iminência do desastre, aquele instante sobrelotado de adrenalina antes de revolver o cenário de uma assentada só, é uma tesão aqueles segundos antes de esmurrar uma respeitosa pirâmide de cartas".
Somos parecidas...
Que post fabuloso!!!
Bjs

Attitude disse...

L I N D O!! Mto bem escrito!

Mac disse...

Pois é... eu tambem não ouvi quando devia...
Agora, patins em linha...

Zé disse...

Post muito bom, como habitual.
Mas isso já sabemos.
O que eu não conheço é a musica? Quem são os "cantadores"?

ahh.. The xx

Não conhecia, mas gostei!!

Go Lady!