quarta-feira, setembro 1

eita pau

E NÃO É QUE TIVE DE VOLTAR AO TRABALHO? Esta convenção idiota da independência financeira ainda vai acabar comigo. A boa notícia é que o meu trabalho faz disparar em flecha os meus níveis de ansiedade. Ansiedade descontrolada – Problemas. Problemas – Crises existenciais – quezílias com a vida em geral, atritos com o parceiro amoroso, vida doméstica desorganizada, abuso de álcool e de drogas, caos mental, etc. Só coisas boas para alimentar este blogue que? Que? Que? Que?, vai o quê?, vai o quê?, vai o quê?, vai o quê? VAI DAR UMA FESTA!
(e mordaças, há?)
Para quem tem mandado lindas mensagens a perguntar se me podem conhecer, aqui um esclarecimento. A festa é já no próximo sábado e é evidente que eu não vou faltar. Lamento mas não terei escrito na testa “Lady oh my Dog!”. Confesso que esse nem é o nome que consta no meu registo civil. Quero estar lá como qualquer um de vós para soltar a franga e bater o pezinho. Quem fizer a maior questão de se apresentar e declarar um imenso amor por mim, sugiro que gritem a plenos pulmões: “CHAMO-ME (inserir o vosso nome) E AMO A LADY DE UMA FORMA ABSOLUTAMENTE TRESLOUCADA! AHHHHHHHHH!”
Este último “AHHHHHHHHH!” é opcional.
Pela quantidade de e-mails que tenho recebido estamos a prever um Viking bem composto.
Pela vossa rica saúde, sejam pontuais e tragam os três euros da entrada trocados por favor.

1 comentário:

Golem disse...

Eu, como sabes, até gostava de te conhecer. Mas antevejo que nessa festa sejam sete cães a um osso ou então ainda levo nas trombas do teu parceiro amoroso. Por isso vou ficar em casa a fazer uma camisola de lã.