domingo, outubro 10

a escolha musical foi levemente inspirada pelas escolhas musicais de um amigo que me ama



Olá. Como devem ter reparado, o tempo quente já lá vai. No hot summer chicks, no praia para ninguém, no turistas para situações de alegria ocasional, mojitos e caipirinhas em copos suados nem vê-los (vocês, que eu habituei-me a trilhar um caminho muito especial chamado alcoolismo). Não vos vou deprimir mais, vamos passar ao que interessa. No seguimento de algumas missivas dirigidas à minha tão fabulosa pessoa e também no seguimento de algumas coisas que li nas bafientas Crónicas Femininas - antecessora da revista Maria mas em bom (e fotonovelas incríveis, aconselho) e ainda, não esqueçamos, no seguimento das rubricas bloguisticas que por aí pululam (vide Cenas de Gaja ou Maçã de Eva), tomei uma decisão muito pouco pensada.

Eu também tenho uma palavra a dizer acerca dos desaires amorosos da vida dos portugueses e das portuguesas e tal como a recente edição dos Ídolos, abro aqui a hipótese à participação de luso-descendentes. Coloco-me pois, à vossa inteira disposição durante o período de tempo que compreende o 10/10/10 a 10/11/10 para responder às vossas solicitações.

Deverão enviar para o ladyohmygod@gmail.com a vossa história falhada, a vossa dúvida idiota, um relatório do vosso desastre pejado de humilhação. Espero os vossos escabrosos tormentos. Contem-me daquela vez em que ele prometeu deixar a mulher e os filhos para viver uma vida de amor louco ao vosso lado, relatem-me as vossas tristes perfomances sexuais, desabafem o quão inconveniente é aquela mania dele manifestar o seu amor deixando cair a mão repetidamente em cima dos vossos costados. Não tenham tento na língua nem se preocupem comigo. Não têm de me pagar nada.

2 comentários:

Eli disse...

Adoro essa música :D

headache disse...

És a máiór, c***lho!