quinta-feira, outubro 21

a maior da sua aldeia

Darling,

Falamos há pouco por telefone. É bom que tenha cuidado com o que diz. Estando a ligar para uma entidade pública e estando a pedir para falar com uma funcionária pública, estou no meu direito, enquanto cidadã cumpridora, de saber quando posso falar com a dita funcionária publica. Sei que, para além de ter perguntado o horário de atendimento da funcionária pública que procurava, também lhe causou grande transtorno ter-lhe perguntado pelo seu nome. E não reconhecendo o seu nome, ter perguntado se era secretária da funcionara pública que procurava. Lamento se a sua voz não foi suficiente para reconhecer que estava a falar com a Administradora.
Uma curta pesquisa na internet leva-me a concluir que foi uma rápida ascensão ao cargo! Ah valente. Mas não quero levantar negras calúnias, fiquemos pelos factos. Não me volte a negar com má educação informações de que posso dispor.

PS - Está com tão má cara na vossa página da Internet… Uma breve análise leva-me a concluir que não era da maquilhagem. Como não há muito a fazer, proponho que enfie um saco na cabeça. E em apanhando um dia mais difícil não deixe de experimentar fechá-lo bem com um cinto ao pescoço.

15 comentários:

Isis disse...

Oléeee :D

Cate disse...

ahahah genious.

AstroBoy™ disse...

Acham-se tanto os funcionários públicos. Sempre quero ver se assim vão continuar em 2011. AHA! BITCHES!

EK disse...

Relembra-lhe sempre que ele trabalha para o Povo. Para nós.. Não são mais do que funcionários ao n/ serviço esta gentalha.

Ruca! disse...

e no fim ainda lhe dás dicas de asfixia erótica auto-induzida. és amiga, tu.

Ventania disse...

Que mau feitio! Gosto! ;D

Woman Once a Bird disse...

Gentalha ao nosso serviço e gente a congratular-se com o que acontece aos outros é bonito. Diz muito de quem escreve.

A Madeirense disse...

Parece ser uma grande besta.

Anónimo disse...

Uuuuhhhh!! Kinky...

Anónimo disse...

woman once a bird, WTF?

Ass: Pissed off

Queen of Hearts disse...

Ahahahahahaha :)

Mak, o Mau disse...

Pobres sacos.

Destinados eternamente a cobrir caras feias e rostos transtornados sem pedir nada em troca...

Lorenzo disse...

Incha!

Só sedas disse...

Loool assim é que se fala. Estou a ver que te chateou o assunto...

PIRII disse...

eu sei o quão atrasado estou, mas só agora descobri esta pérola de blog.

os meus sinceros cumprimentos.

adorei a ideia do saco...
a do cinto também.