quarta-feira, dezembro 15

yes we can't

Ontem à noite não tinha mesmo nada para fazer, a não ser dar continuidade à inquietude com a administração higiénico-sanitária das minhas instalações domésticas. A experiência doméstica só é válida e interessante se forem cumpridos certos objectivos . A saber – remover com regularidade os excedentes de consumo, limpar superfícies, manter os espaços de circuito desimpedidos, etc. Não mudo os lençóis da cama vai para três semanas e tenho uma colónia de formigas em permanente labor num prato abandonado aos pés do sofá – estes são os símbolos eleitos para dar forma ao meu desassossego.

Mas já me estou a desviar. Como dizia, ontem à noite não tinha mesmo nada para fazer senão isto – reflectir sobre a minha actual inaptidão de gerir uma casa. Fiz o que achei que tinha de ser feito: deitei-me no sofá a comer bolachas de manteiga. Tenho, felizmente, esta capacidade extraordinária, que chamo de sistema dos três passos muito antes da Clinique pensar em inventar o seu:

1 – analisar exaustivamente todos os primas de determinado problema (esta fase pode estender-se por muitas semanas, trazendo em loop mental uma dor que vai pontuando o pensamento diário e nocturno)

2 – sofrer (não mais de uma hora, sem bater no fundo, livrem-se de chorar com culpa ou raiva pela incapacidade em questão) – é este q.b. de sofrimento que vai manter o problema insolúvel. Se a melancolia se transformar em aflição, o problema pode estar em vias de ficar resolvido – e neste caso, quem no seu perfeito juízo, quer uma casa limpa e organizada?

3 – se tiverem o jogo de cintura necessário para permanecer no banho-maria do ponto anterior, são capazes de ignorar o problema, até voltar novamente ao primeiro estádio. Lembrem-se que enquanto ignoram o problema ele poderá crescer. Mas o que é que se compara à liberdade de ser inútil/ degustação de bolachas de manteiga?

5 comentários:

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Vou levar as dicas :) tenho o mesmo problema e inquietude doméstica :)

a.i. disse...

hahahahahahahahahahahah! és muito cómica!

Claudia disse...

Adoro os teus posts. Devias escrever um livro.

AnJo disse...

Ofereço-me para limpar a casa de V. Exa., só para chatear o Paul Samuelson.

Cate disse...

hm, adoro bolachas de manteiga.