terça-feira, fevereiro 1

lady vacondeus

ora então vamos lá a saber como é que eu fiz o referido frango.
primeiro - não era um frango. quero com isto dizer que não era uma unidade de frango, ou seja, um frango inteiro com tudo aquilo que por norma constitui um frango. adiante - estamos a falar de coxinhas de frango - a minha parte favorita de todos os tempos, de todos os frangos.

peguei então nas quatro coxinhas de frango, lavei-as bem lavadinhas (tal como, aliás, faço com as minhas próprias coxas, todos os dias pela fresquinha)
coloquei as ditas numa taça.

num copo fiz a seguinte mistura, batida em dois minutos à mão:

2 colheres de sopa rasas de mel e outras duas iguaizinhas de mostarda dijon
sal, pimenta e tomilho q.b.
o sumo de um limão pequeno

verti este liquido sobre as coxas, que esfoliei distraidamente por um bocadinho e deixei-as descansar na piscina amarela por 30min
nesses trinta minutos - dei uma pré-cozedura às batatas para assar; untei o fundo de um pirex com uma colher de azeite; pus o forno a aquecer e lavei umas merdas já que a cozinha é pequena,
depois: coloquei as coxas e toda a molhanga no pirex e foi ao forno médio/alto por 20 min

atenção que volta e meia é preciso ir virando e borrifando com vinho branco (é com estes apontamentos que me sinto cozinheira)

depois juntei as batatas (envolvi com jeitinho) e tudo continuou no forno por mais 15 min

jantei, dei de comer ao desgraçado do meu homem e trago hoje os restos para o meu almoço.
é assim a minha bida, graças a deus.

12 comentários:

Jibóia Cega disse...

Nao pode ser mostarda das bifanas ou dos pregos?
E o mel era de rosmaninho ou eucalipto?

a.i. disse...

e é uma bida muito bem bibida assim!

Lady Oh my Dog! disse...

jibóia,

o mel era do pingo doce...

rita disse...

Já dizia o panisgas do Marco Paulo: "Uma Lady na mesa..." :))

provocação disse...

Oh lady, isso de pôr vinho... se estás com receio que pegue ao fundo usa uma folha de alumínio sobre a travessa e unta-a com um bocado de gordura e esquece lá isso do vinho que estraga o efeito do mel e do rosmaninho. Sou contra ferver-se vinhos nos refogadinhos e não sei quê, de resto receita óptima, eu costumo fazer só mel com ervas de Provence e limão.

kiss me disse...

O que eu retive não foram os dotes culinários e sim: 4 coxas dão para ti, para o teu homem e ainda sobra?

Lady Oh my Dog! disse...

kiss me,

atenção que aqui ninguém anda à meia-tripa.

antes do frango demos cabo de uma baguete (inteira!)de pão de alho com manteiga e queijo da serra.

sofia disse...

like it

A Madeirense disse...

Para além de ter ficado com uma fome do caraças depois de ler isto, uma pergunta ecoa na minha cabeça: como raio é que de 4 coxinhas para 2 pessoas, ainda sobra alguma coisa para o dia seguinte ?!

kiss me disse...

Ah bom, fico mais descansada. Hmmm baguete de pão de alho...

wine, wine and more wine.. disse...

Nao se deve lavar a carne.... but other wise it looks good...

Sol disse...

Roubei-te a receita e o desgraçado do meu marido também adorou.

obrigada!

http://www.avidadesaltosaltos.blogspot.com