quarta-feira, julho 20

pro bono

o meu q.i. é elevadíssimo mas há qualquer coisa na linguagem jurídica que me deixa o olhar baço e escorre-se-me logo um fiozinho de saliva...

preciso de um(a) advogado(a). prometo que a história é entediante.

13 comentários:

Dexter disse...

Eu acuso-me, sou dessa corja.

CITRA disse...

Advogada ao dispôr
retratosdaminhaexistencia (at) gmail.com

Madame Butterfly disse...

Chamaram-me?:)

Diuska disse...

Im here!

Dexter disse...

Ahah lindo, os advogados todos a acusarem-se! Assim é que se descobrem!

Pena é que eu não faça pro bono :|

Anónimo disse...

Dexter que pena não fazeres pro bono... azar há mais quem faça! Pode ser que um dia destes ainda precises de alguma coisa e tenhas a mesma resposta :) (sorriso amarelo).

Dexter disse...

Minha cara, não faço pro bono nem a cobrar, pela simples razão de não ter tempo para isso. E manda o Estatuto da Ordem dos Advogados que um Advogado só pode aceitar ser mandatário de alguém se para isso tiver disponibilidade de tempo, entre outras coisas.

Já fiz pro bono, que me valeram boas e más experiências. Boas porque já ajudei quem precisava sem cobrar um tostão, e más porque por vezes uma pessoa oferece a mão e querem logo o braço.

Por isso tire lá esse sorriso amarelo que só lhe fica mal.

Dexter disse...

E acho que a dona do blog percebeu que está à vontade para colocar as questões que bem entender...

RBM disse...

Deixem lá o Dexter em paz, não imaginam o que é ter toda a família mais um leque de conhecidos diversificados que vão desde de vizinhos à senhora do café a fazer perguntas sobre partilhas, quotas de condomínio não pagas, compropriedades e etcs. Eu comecei a mentir, agora sou terapeuta da fala, ou algo assim que não interesse a ninguém.

SS disse...

é uma linguagem muito própria, arrogante e, além do mais, maçadora.


todavia, não obstante, é viciante ;-)

Dexter disse...

RBM: Agora é a parte em que vem alguém e diz algo como: "Terapeutas da fala é pouco interessante? Não dizes o mesmo quando precisares de um".

:)

Alexandra disse...

Pro bono em tempos de crise, Lady?

Não há respeito por nós, os tubarões...

Lady Oh my Dog! disse...

a todos os voluntários de serviço:

muchas gracias!