quarta-feira, dezembro 28

adeus juventude

Tenho um amigo que quando se lhe entra recomendar qualquer coisa fá-lo entusiástica e insistentemente. O meu amigo vive actualmente para a série Breaking Bed e iniciou para comigo uma forte campanha de promoção da série, intervalando sistematicamente as nossas profícuas conversas com esse tema. A sua falta de noção é tanta que depois de lhe desabafar quase em choro um desaire amoroso “e eu sou muito complicada, mas ele também é, como poderei resolver as minhas questões mesquinhas, esta angústia não me larga, que tormento, a dor não me deixa dormir, estou quase a passar para o lado de lá” recebi de volta “olha, deixa-me só perguntar uma coisa: já começaste a ver o Breaking Bad?”

Esta situação foi atingindo limites pouco razoáveis, a inbox foi-se enchendo com e-mails cujo subject é “links para download de Breaking Bad” até que fui confrontada com ameaças muito adultas que atingiram o “não volto a falar contigo enquanto não vires pelo menos um episódio do Breaking Bad".

Um dia destes, algo moída por ter uma amizade tão compreenssiva, cedi a googlar a primeira temporada. Vi um episódio, achei nojento. Vi outro e perguntei-me porque raio ele gostava assim taaanto daquilo. Vi outro ao mesmo tempo que convenci uma amiga a ver comigo pois era um bocado incompreensível que fosse tão espectacular. Pus em causa o meu refinado gosto e cheguei a equacionar possíveis limitações que não me deixassem ver qualquer coisa menos óbvia. Mas a verdade é que quando chegamos ao fim da primeira temporada estávamos já muito curiosas e surpreendidas por nos termos envolvido tanto. Telefonei ao meu amigo:

- O dia que tanto aguardavas chegou. Estou agradecia por me teres chateado.
- Ãhn?
- Estou a adorar Walking Dead!
- Não estou a perceber.
- Então não me andaste a foder a cabeça para ver o Walking Dead? Estou a dizer-te que gosto muito!
- (silêncio)
- estás a ouvir?
- (suspiro) Quando vires o Breaking Bad liga-me. bip bip bip bip

2011 foi o ano em que entendi o que é a velhice.

18 comentários:

stantans disse...

ahahah. tenho um amigo que é igual, está-me sempre a chatear para ver o Breaking Bad e eu resisto porque a premissa não me parece nada interessante. já o Walking Dead acho uma seca.

Leididi disse...

ahahahahahahah. Muito bom.

Anónimo disse...

Breaking bad é realmente a melhor série dos ultimos tempos, para uns (eu incluida), para outros nem tanto (como a Lady). Gostos

Maria Madalena disse...

Walking Dead <3

Anónimo disse...

a sério? a AMC não consegue vender nada? tiveram de descer ao nível da tangle teezer e vir aqui fazer publicidade?

LM disse...

isso é tãooo eu...lolol

V disse...

obrigada pela gargalhada do dia ;)

Target disse...

Eu tenho uma amiga (com a mesma patologia relativamente a essa série) que ao ler este post, me enviou para aqui. Ainda estou por ver também...

Maria disse...

ahahah...mas siga o conselho do amigo. Vai adorar (ahahah)

Gata das Trevas disse...

Walkind dead é das piores coisinhas...Fonix!

Ricardo disse...

Walking dead sim, breaking bad não me parece.

Anónimo disse...

Também comecei a ver sem perceber muito bem como poderia ter tanto sucesso: Mas já vou na quarta temporada! Vicia!

Ruca! disse...

tb tinha graça se tivesses misturado e tivesses dito 'epá não encontro nada dessa série do breaking dead (ou walking bad). que merda de série underground é essa que não se encontra em lado nenhum?'

mas breaking bad é mesmo muito bom, melhora a cada season. a 4ª é uma bomba. é aquilo que se chama uma série do carai, tajaber? walking dead é giro, só isso.

porcosemperolas disse...

Excelente...hahaha

Um Tipo qualquer disse...

Epá, o que me estou a rir! Solidariedade total para com o teu amigo, que depois dessa luta toda, continua sem ter conseguido nada! AHAHAH.

Kitty * disse...

Se ainda fosse "Breaking bed..."

Ups disse...

lol O que eu me ri com este post. Muito bom!

Anónimo disse...

ahahah. Breaking Bad é uma série excelente! Sou farmacêutica e trabalho com Química todos os dias, e por isso sou um bocadinho suspeita. Porém, depois de uns 5/6 episódios vais ver que te vais viciar!
Beijo,
Maria Clara.